As estreias no campo dos grandes

As estreias no campo dos grandes

Foram várias as estreias que Fernando Santos proporcionou a vários jogadores que poderão ter a oportunidade de jogar pela seleção campeã europeia.

ana-gomes
Ana Gomes

Desde que o selecionador revelou os 23 convocados para a qualificação para o Europeu de 2020 que os nomes geraram surpresa entre os portugueses. No pote das estreias estão Diogo Jota, Dyego Sousa e João Félix. 

O jovem portuense de 22 anos recebeu, como Rúben Neves já confidenciou à comunicação social, com grande alegria a sua chamada à seleção "dos grandes" e já se mostrou bastante integrado no grupo. Desde 2014 que é convocado para representar o seu país nas camadas mais jovens, nomeadamente nos sub-19. Em 2015 já representava os sub-21 e em 2016 os sub-23. Chegou a vez de em 2019 ser chamado à equipa principal e poderá fazer a sua primeira internacionalização já num dos próximos jogos. 

Já o Dyego vai ter a oportunidade de representar o país que escolheu para ser internacional. O avançado de 29 anos que em 2007/2008 chegou a Portugal para representar o Nacional, poderá também fazer a estreia nos jogos de qualificação dos próximos dias, mas enfrenta grande competição.

João Félix tem se mostrado nos últimos meses no seu clube e o técnico não o quis deixar de fora. O jovem com apenas 19 anos de Viseu deixou os sub-19 e os sub-21 para ascender à equipa principal e logo nos primeiros jogos que poderão ditar a presença portuguesa no próximo europeu. 

Curiosamente, o engenheiro da seleção da quinas, chamou três avançados para fazerem a estreia e são a competição pelo mesmo lugar. 

Com o capitão Cristiano Ronaldo de volta, e com presença assídua na frente da equipa, qual dos três poderá juntar-se a ele? Qual será a tática que Fernando Santos poderá utilizar para aproveitar ao máximo a "artilharia" jovem que chamou? Não se pode esquecer ainda de Bernardo Silva, André Silva, Rafa e Gonçalo Guedes que estão em grande forma nos respetivos clubes. 

 
 

VAVEL Logo