Dragão sai derrotado em Anfield

Dragão sai derrotado em Anfield

Dois golos sem resposta colocam os dragões mais longe do sonho europeu. 

marcelo-morais
Marcelo Morais

Os dragões apresentaram-se em casa do Liverpool para disputar a primeira-mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League. Herrera e Pepe foram os grandes ausentes no lado dos dragões. 

A equipa da casa chegou à vantagem na partida muito cedo. Ao quinto minuto de jogo, numa jogada pela ala esquerda, Mané cruzou para a área onde Firminio recebeu, girou e passou para Keitá que rematou para o 1-0. A bola ainda sofreu um desvio mas acabou no fundo das redes de Iker Casillas. 

O Liverpool continuou a chegar com bastante perigo à baliza dos dragões. O 2-0 chegou depois de mais um passe rasteiro da ala para o centro da grande área. Arnold apareceu sozinho na direita e colocou a bola no pé de Firmino que só teve de empurrar para colocar o Liverpool com uma vantagem confortável no jogo e na eliminatória. 

Ainda na primeira parte, o FC Porto teve uma boa oportunidade nos pés de Marega. Os dragões pediram penalti por uma mão na bola do defesa do Liverpool mas o árbitro mandou jogar. 

Na segunda parte, o FC Porto foi à procura de marcar um golo que pudesse abrir a eliminatória mas sem sucesso. O Liverpool continuou a dominar o encontro, baixando o ritmo de jogo e controlando a posse de bola. 

Com este resultado, a equipa de Sérgio Conceição fica com uma tarefa muito complicada para a segunda-mão, que tem lugar na próxima quarta-feira, no Estádio do Dragão. 

VAVEL Logo