Nem a expulsão de Renan parou o Sporting
Fonte: Recod

Nem a expulsão de Renan parou o Sporting

O Desportivo das Aves e o Sporting entraram em campo para disputar a 29ª jornada. Um jogo que acabou com a vitória por 1-3 para os leões.

joanacoelho
Joana Coelho

Com Matos Milos a fazer a sua estreia absoluta no campeonato pelo Aves e Jovane a regressar ao onze dos Leões as duas equipas entraram em campo com vontade de somar pontos.

Desde os 4' reduzidos a dez jogadores, por Renan Ribeiro ter agarrado Luquinhas fora da área, o Sporting, ainda assim, conseguiu mostrar-se mais em jogo.

Aos 8' Vítor Gomes, à entrada da área, atira por cima da baliza. Bruno Fernandes, em tom de resposta, faz um remate fantástico que é travado com uma grande defesa de Beunardeau para canto.

Os leões iam ameaçando e aos 24' inauguram mesmo o marcador. Acuña cruza na esquerda e Luiz Phellipe antecipa-se a toda a gente na marcação e, de cabeça, atira para dentro da baliza do guardião das Aves. Estava feito o primeiro golo da noite. O Aves continuava com dificuldades em pressionar e apresentava um jogo um  pouco incompreensível. Isto é, em vez de aproveitar a falha numérica do Sporting a seu favor, continua a jogar com cinco defesas e não aposta na frente.

Mas, ao entrar na primeira meia hora de jogo estava feito aquilo que podia mudar o resultado. Salin faz uma falta sobre Luquinhas, que teve um arranque fantástico e deixou toda a gente para trás. Falcão é chamado a bater a grande penalidade e não desperdiçou. 1-1 no marcador.

Porém, o Sporting não contente com o resultado e sem querer ir para o intervalo com o resultado empatado, aumenta a vantagem. 1-2 por Mathieu. Bruno Fernandes fez parecer que ia rematar, mas acaba por fazer o cruzamento para a área. Wendel com um mau passe devolve a Mathieu que, de pé esquerdo, atira para o segundo golo do Sporting. 

A segunda parte começou com as duas equipas a darem respostas. Aos 49' Acunã remata forte, depois de receber a bola de Bruno Fernandes. Mas Beunardeau consegue fazer uma grande defesa. O Aves responde com Rodrigo a arrancar pela direita, deixa para Fariña que remata contra Salin. Aos 59' Raphinha aproveitou um erro de Luquinhas, porém na hora da verdade acabou por falhar o remate.

O Sporting começou a sentir mais dificuldades ao longo da segunda metade do jogo, pois o Aves alterou a sua forma de jogar. Deixou de lado a barra de defesas da primeira parte e apostou na frente.

Aos 69' Bruno Fernandes ameaçou com um remate bomba que o redes do Aves defendeu a soco. O médio deixou o aviso e aos 84' aumenta a vantagem do Sporting. Uma jogada que começou em Diaby a deixar a bola para Ristovski que, por sua vez, cruzou para a área. Bruno Fernandes salta mais alto que todos e, de cabeça, atira a bola para o fundo das redes. O médio sportinguista soma assim 25 golos, 16 deles na liga e segura o seu rótulo de segundo melhor marcador do campeonato.

Antes do apito final, a equipa da casa ainda tentou reduzir. Derley acaba mesmo por colocar a bola no fundo das redes, mas Soares Dias recorre ao VAR por uma possível falta do próprio autor do golo sobre Coates no início da jogada. A falta confirmou-se e o Aves viu o resultado voltar a 1-3. 

VAVEL Logo