Vitória sofrida do FC Porto
Fonte: O Jogo

Vitória sofrida do FC Porto

O FC Porto recebeu este sábado o Santa Clara. Os azuis e brancos venceram de forma sofrida pela distância mínima.

joanacoelho
Joana Coelho

Foi com garra que a equipa dos Açores visitou o FC Porto e os golos para o seu lado começaram desde cedo. Aos 9' Guilherme Schettine coloca a bola dentro da baliza de Casillas, mas o golo acaba por ser anulado por posição irregular do jogador. 

Aos 13' Herrera entra na área e cruza para Soares. Valeu o guarda-redes Marco que desviou para canto. Numa altura em que o FC Porto conseguia fazer muita pressão e o Santa Clara contava com algumas dificuldades no ataque organizado. Embora esta realidade começasse a ser alterada, pois o Santa Clara começou a conseguir organizar-se a nível de ataque e a saber aproveitar os erros e perdas de bola do adversário.

Ainda assim, aos 19' surge o golo da equipa da casa. 1-0 por Marega, que resultou de uma excelente jogada. Brahimi jogou com Herrera que colocou de primeira em Otávio. O médio ficou na área e rematou para defesa de Marco, mas Marega na recarga finalizou com sucesso.

Em resposta, aos 24' o Santa Clara conseguiu uma transição fantástica e Zé Manel deixou a bola para Rashid que atirou rasteiro ao lado.

Antes do intervalo, ainda houve tempo para mais lances de perigo de ambas as equipas. Do lado do Porto, Militão conseguiu sair pela direita e cruzar, Marega, na recarga, atira ao lado. Do lado do Santa Clara, Bruno Lamas ganha muito espaço e remata, mas a bola sofre um desvio e acaba em Casillas. Mesmo em cima dos 45' a equipa açoriana volta a ver o golo a ser anulado, de novo por posição irregular.

A segunda parte começou e Casillas foi obrigado a fazer uma grande defesa. Schettine faz um cabeceamento perfeito que acaba num bom cruzamento de Patrick pela direita, mas o guardião espanhol conseguiu a defesa.

O FC Porto esteve mais em baixo na segunda parte e só voltou a fazer lances de perigo aos 68' com Corona a lançar por cima. Mais tarde, Fernando Andrade estava isolado à frente da baliza e rematou, mas Marco fez uma grande defesa.

A partida terminava, assim, com a vantagem mínima para a equipa da casa. Depois de uma vitória sofrida e do Santa Clara ter mostrado um jogo forte.

VAVEL Logo