A luta pela permanência

Com o aproximar do fim da época, várias equipas fazem contas à vida, numa última tentativa de evitar a despromoção. São 3 as equipas que vão dizer adeus ao escalão maior do futebol português, e são pelo menos 5 as que ainda lutam pela salvação. 

O Feirense já conhece o seu destino. Os 15 pontos conquistados à 30ª jornada significam que o clube vai descer à Segunda Liga no próximo ano. Com um dos três lugares já ocupados, restam dois bilhetes que levam à despromoção.

O Nacional da Madeira é atualmente o penúltimo classificado. Com 27 pontos conquistados, os insulares têm pela frente uma tarefa muito complicada para se manterem na Primeira Liga. A equipa de Costinha tem ainda 4 jogos pela frente: visita o Desportivo de Chaves (um rival direto), vai a Guimarães, recebe o FC Porto e termina a campanha no terreno do Belenenses SAD.

A apenas um ponto do Nacional está o Grupo Desportivo de Chaves. Os transmontanos têm vindo a recuperar pontos nas últimas jornadas e têm ainda quatro jogos para conseguir manter um lugar na Primeira Liga do próximo ano. Os últimos 4 jogos do Chaves são contra rivais diretos e têm por isso oportunidade de conquistar pontos vitais para a conseguir a permanência: recebem o Nacional e o Vitória de Setúbal e viajam a casa do Feirense e do Tondela. 

O Tondela está atualmente dois pontos acima da linha de água. A equipa de Pêpa partem em vantagem para a reta final, relativamente aos concorrentes diretos, Nacional e Chaves. Para além das receções ao Santa Clara e ao Chaves, o Tondela tem duas deslocações difíceis: Marítimo e Sporting CP.

Com 32 pontos, na 14ª posição está o Boavista. A equipa da invicta depende apenas de si para garantir a manutenção. O Boavista ainda vai receber no Bessa o Moreirense e o SC Braga para além das visitas ao estádio do Vitória de Setúbal e do Marítimo. 

Com os mesmos pontos do Boavista está o Vitória de Setúbal. Os Sadinos têm a permanência praticamente assegurada mas não podem facilitar na reta final da Liga. O Setúbal vai jogar em casa com o Boavista e o Rio Ave e visita o terreno do Santa Clara e do Chaves. 

Marítimo, Desportivo das Aves e Portimonense seguem com 33 pontos. Apesar da proximidade pontual da linha de água, a quantidade de equipas que estão abaixo destes clubes na classificação dão-lhes alguma tranquilidade relativamente à manutenção. 

Cada uma destas equipas tem ainda 12 pontos para disputar. Cada um destes pontos vai ter uma importância enorme nas contas finais. Cada equipa vai dar o máximo em cada jogo que resta pois, afinal de contas, todos querem estar no escalão mais alto do futebol português. 

 

VAVEL Logo