Reviravolta do Rio Ave
Fonte: A Bola

Reviravolta do Rio Ave

Sporting e Rio Ave entrarem em campo, onde a equipa visitante conseguiu a vitória com três penaltis a seu favor. 

joanacoelho
Joana Coelho

O jogo começou e o Rio Ave viu logo um penalti marcado a seu favor. Coates, de carrinho, derrubou Taremi e acabou mesmo por levar amarelo. João Pinheiro ainda visualizou as imagens do VAR, mas a sua decisão foi validada. Filipe Augusto foi o jogador chamado para bater o penalti e fez o primeiro golo da noite, sem hipótese de defesa para Renan.

O Sporting começou a pressionar bastante para reverter o resultado. Aos 18' Thierry Correia faz um lançamento e consegue colocar em Bruno Fernandes que cruza atrasado, mas Vietto não consegue acertar na bola. Porém, minutos mais tarde, os leões empataram a partida. Acuña desceu pela esquerda sem grandes problemas, cruzou para a área onde apareceu Bruno Fernandes que atirou para o golo sportinguista. 

Aos 25' Bruno Fernandes, de novo, tentou aumentar a vantagem da sua equipa, mas valeu ao Rio Ave a saída de Kieszek para a defesa. 

A pressão do Sporting era cada vez mais notória. Já nos minutos finais desta primeira parte, Wendel encontra Vietto pela esquerda que, depois de conseguir chegar à zona central rematou, mas, de novo, Kieszek impede o golo. Ainda antes do intervalo, Wendel marcou, mas viu o golo ser anulado por posição irregular. Bruno Fernandes ainda tentou, Kieszek defendeu para a frente e, na recarga, o brasileiro sportinguista voltou a colocar a bola dentro das redes. Mais uma vez, o golo foi anulado por fora de jogo.

A segunda parte começou com um lance de perigo para a equipa visitante. Nuno Santos passou para Taremi, mas este estava em posição irregular. 

O Rio Ave ia registando maior posse de bola, mas ainda assim, foi a equipa da casa que chegou à vantagem. Tudo começou com um lance lateral que fez a bola chegar à área onde apareceu Bruno Fernandes, que tocou para Luiz Phellype que apenas teve de encostar para o golo.

Aos 54' o Rio Ave fez o contra-ataque ao golo anteriormente marcado. Diego Lopes rematou, ainda fora da área, mas a bola acabou por passar por cima. 

Nos minutos seguintes, o Rio Ave ia conseguindo manter a pressão sob o Sporting, criando mesmo dificuldades à equipa adversária. Ainda assim, os leões conseguiam ir tendo maior posse de bola e iam tentando gerir o jogo em prol disso. 

Já aos 76' Matheus Reis fez um ótimo trabalho e serve Taremi, que estava sozinho na área. Porém, o iraniano não chegou a tempo.

Os últimos minutos de jogo, foram bastante intensos. Aos 80' surge um livre perigoso para o Sporting que resultou de uma falta. Bruno Fernandes bateu e Kieszek defendeu com os punhos. Dois minutos mais tarde, foi assinalada mais uma grande penalidade a favor do Rio Ave, por Coates derrubar Taremi na área. A decisão do árbitro valeu muitos protestos do uruguaio. Ronan foi chamado a bater o penalti e não desperdiçou, colocando a bola no fundo das redes. 

Em contra-ataque, Acuña fez um excelente trabalho, mas atirou ao poste. E, no lance seguinte, os leões ficaram reduzidos a 10. Coates viu o segundo amarelo por derrubar Taremi na área. Como consequência, foi, mais uma vez, assinalado penalti a favor da equipa visitante. Filipe Augusto voltou a assumir as rédeas e não desperdiçou. Bola para um lado, redes para o outro e o Rio Ave passava, assim, para a frente do marcador. 

O jogo terminou mesmo com a vitória do Rio Ave por 3-2 e o Sporting perde a liderança.

VAVEL Logo
CHAT