FC Porto: Dragões garantem três pontos ao cair do pano em jogo de loucos.

A equipa de Sérgio Conceição entrou confortável no jogo, Alex Telles apontou o primeiro golo da partida aos 25 minutos de grande penalidade, depois de um toque de Jadson com a mão na grande área. 

Enquanto o Portimonense teve dificuldades em conseguir chegar a baliza de Marchesín. 

Os Dragões marcaram o segundo golo um pouco antes do intervalo, quando a bola sobrou para Zé Luis que estava no poste direito da baliza de Ricardo Ferreira.

A equipa de Portimão voltou forte do intervalo, conseguindo manter-se de volta ao jogo quando o substituto Dener faz o 2-1 de cabeça mandando a bola para o centro da baliza.

O despertar do Portimonense que fez o Porto tremer:

Mas o pior ainda estava por vir para os homens de Sérgio Conceição. Isto quando, três minutos depois do primeiro golo, o Japonês Koki Anzai remata de fora da área conseguindo encaixar a bola do lado esquerdo da baliza, sem nenhuma chance para o guarda-redes Argentino.

Os azuis e brancos sofriam dois golos em três minutos, esses quais foram os únicos remates à baliza da equipa visitante.

As coisas ficaram bem piores para o vice-campeão quando Alex Telles fez falta no último jogador do Portimonense, o Bruno Tabata, e o brasileiro foi assim expulso por revisão do video-árbitro.

O herói inesperado:

Entretanto, a vitória veio mesmo ao cair do pano para os Dragões. Aos 98 minutos da partida, surgiu um canto cedido pelo Portimonense, onde o cruzamento do Portista, Jesus Corona foi ter com o herói inesperado da noite, Iván Marcano que garantiu a vitória por 3-2.

Apesar da vitória, Sérgio Conceição admite que espera mais da sua equipa:

"A equipa foi decisiva, não foi o Marcano. Pelo que fizemos a vitória foi bem mais do que justa. Tivemos muitas ocasiões, podíamos ter fechado quando devíamos ter fechado na segunda parte, mesmo na primeira tivemos oportunidades e podíamos ter concluído melhor.

"Às vezes o treinador está no banco e complica o jogo, eu compliquei. Quem entende de futebol entende o que quero dizer. Às vezes o treinador está para ajudar a equipa e hoje compliquei o jogo".

O Porto passa agora a ter 12 pontos, os mesmos que o Benfica e a um ponto do líder Famalicão.

VAVEL Logo