UEFA exige que FC Porto a pensar em construír equipa de futebol feminino

A UEFA está empenhada a promover o futebol feminino e por causa disso, vai obrigar a todos os clubes que têm passaporte nas fases de grupos das competições europeias que têm de ter pelo menos uma equipa feminina inscrita nas competições nacionais.

Sporting, Benfica, SC Braga, entre outras são exemplos disso, sendo que estão inscritas no Campeonato Nacional de Futebol Feminino. 

No entretanto, ainda estão por definir de forma concreta e só devem se postos em prática a partir de 2021/22. Mas seguramente que a UEFA quer que cada clube com representação europeia, tenha equipas ambos masculino e feminino.

O Benfica por exemplo, começou na segunda divisão em 2018/19 e subiu rápidamente a primeira divisão.

Já o Braga e Sporting aproveitaram a reorganização do sector que a FPF levou em 2016 para entrarem automaticamente no principal escalão.

Vitória Guimarães também é outra equipa que faz parte deste lote, iniciou a sua campanha no último verão e estreiar-se-a domingo na Série A do segundo escalão.

Com tudo isto, falta apenas o FC Porto mas o caminho ainda é longo para os Dragões que terão muito que pensar no melhor caminho a seguir. E certo que a UEFA não deixará passar em branco e que os azuis e brancos serão obrigados a cumprir a regra que vai ser oficializada em breve.

O objectivo imposto pela UEFA é duplicar o número de federadas de 55 membros da confederação. Chegando assim aos 2,5 milhões de jogadoras até 2024.

VAVEL Logo