A luta pelos oitavos de final

É já esta quinta-feira, dia 20 de fevereiro, que a fase decisiva da Liga Europa se inicia. Em prova, estão quatro equipas portuguesas e o ataque aos oitavos de final da competição será o desejo de todas. 

O Benfica atravessa aquele que é considerado o pior momento de Bruno Lage, pois vem de duas derrotas consecutivas no campeonato português (recorde-se que as águias perderam contra o rival FC Porto, em casa dos dragões por 3-2 e escorregaram também na Luz contra o Braga, perdendo por 1-0 e reduzindo os sete pontos de avanço do segundo lugar para apenas um ponto). Ainda assim, são especialistas nesta fase da Liga Europa, pois conseguiram cinco apuramentos em cinco presenças. As águias deslocam-se à Ucrânia para defrontar o Shakhtar Donetsk. 

As águias irão competir pela primeira vez na Liga Europa esta época, já que caíram da Champions League. Na Champions o primeiro adversário foi o Leipzing que, na Luz, conseguiu a vitória ao Benfica por 2-1 e na Alemanha um empate a duas bolas. Seguiu-se o Zenit, que derrotou em casa o Benfica por 3-1 e na Luz o Benfica reverteu e venceu por 3-0. Resta o Lyon que foi derrotado na luz por 2-1 e em França conseguiu vencer por 3-1 às águias. 

Com Gabriel, Weigl de baixa e André Almeida ainda em dúvida, o Benfica pode tirar a seu favor o facto da equipa adversária, orientada por Luís Castro, estar em trabalhos de pré-época e sem jogar para o campeonato há mais de dois meses. 

Em palavras na conferência de imprensa de antevisão, Bruno Lage prometeu mais trabalho e uma equipa forte perante o adversário, deixando claro que os problemas na defensiva da sua equipa estão identificados e "vamos trabalhar, trabalhar, trabalhar. É essa a nossa filosofia". Lage acrescentou ainda "temos de dar um passo em frente e voltar a ser consistentes no nosso trabalho. O que prometo é não falar muito, mas trabalhar para sermos cada vez melhores". 

Por sua vez o Braga quer aproveitar a excelente caminhada que Rúben Amorim tem conseguido ao comando dos minhotos, já que soma a oitava vitória consecutiva em nove jogos.

No que toca à Liga Europa, ainda ao comando de Ricardo Sá Pinto, os arsenalistas venceram o Brondby (venceram por 4-2 na casa do adversário e 3-1 em Braga) e Spartak Moscovo (ganharam por uma bola a zero em Braga e 2-1 na Rússia), ambos nas pré-eliminatórias. Na fase de grupos conseguiram a melhor frente ao Wolverhamptom (vitória bracarense por 1-0 em casa do adversário e empate a três bolas no Municipal de Braga), Slovan Bratislava (2-2 em Braga e 4-2 na casa adversária) e Besiktas (2-1 em Istambul e 3-1 em Braga).

Nesta fase de grandes decisões, os minhotos vão enfrentar o Rangers, uma equipa forte, já que ocupa o segundo lugar na Escócia e que na fase de grupos venceu o FC Porto por 2-0, na sua casa, e empatou a uma bola no Dragão. 

Do lado do Braga, Rúben Amorim prefere pensar jogo a jogo e não na competição em si. Até porque o técnico sabe que existem algumas limitações da equipa em relação aos adversários, mas promete bastante trabalho e uma equipa forte para ultrapassar qualquer ponto negativo que possa surgir.

O Benfica entra em campo esta quinta-feira pelas 17h55, já o Sporting de Braga tem hora marcada para as 20h do mesmo dia. 

VAVEL Logo