NHL: Aí estão os playoffs!

É já esta noite que começam os playoffs da National Hockey League. 16 equipas vão lutar pela Stanley Cup, que pertence actualmente aos Chicago Blackhawks.

NHL: Aí estão os playoffs!
16 equipas, 1 troféu (Foto: nhl.com)

Depois de uma fase regular com 82 jogos, eis que finalmente chegam os playoffs. São 16 equipas divididas entre as Conferências Este e Oeste, que vão disputar a prestigiada Stanley Cup. Os actuais campeões são os Chicago Blackhawks, que venceram a competição por três vezes nos últimos seis anos, sem dúvida que a formação da «cidade ventosa», é o alvo a abater. No ano passado derrotaram os Tampa Bay Lightning por 2-0, com 4-2 no total.

Chicago Blackhawks x St. Louis Blues

É na Conferência Oeste, que moram os campeões que ficaram na terceira posição da Divisão Central e vão ser postos à prova já na primeira ronda, onde vão ter pela frente os St. Louis Blues, segundos classificados da mesma divisão. O factor casa joga por isso a favor da equipa do estado do Missouri, que tenta pela primeira vez conquistar o título que já lhes fugiu em três anos consecutivos, entre 1967-1970 ao perderem na final. Por seu turno os Blackhawks tentam igualar o número de vitórias com derrotas, sete.

Frente-a-frente vão estar Patrick Kane de Chicago que na fase regular marcou 46 golos, fez 60 assistências, com um total de uns impressionantes 106 pontos (melhor de todos os jogadores da NHL), contra Vladimir Tarasenko dos Blues, que marcou 40 golos e somou 74 pontos. Uma eliminatória equilibrada e que poderá ser resolvida em sete jogos.

Dallas Stars x Minnesota Wild

Prosseguindo a Oeste os Dallas Stars vão ter pela frente os Minnesota Wild. A equipa de Dallas foi quem mais pontos fez na conferência, 109 em sentido oposto os Wild somaram 87 e beneficiaram do segundo posto dos «Wild Card». Por isso o favoritismo recai todo no conjunto do estado do Texas, mas nos playoffs tudo pode acontecer.

Dallas teve em Jamie Benn o seu jogador mais influente na fase regular com 41 golos, 48 assistências no total de 89 pontos, em contrapartida nos Wild as coisas são mais repartidas, Zach Parise foi o melhor marcador com 25 golos, Ryan Sutter fez 43 assistências e Mikko Koivu fez 56 pontos. Uma eliminatória que pode ficar decidida em cinco desafios.

Anaheim Ducks x Nashville Predators

Graças ao triunfo sobre os Washington Capitals na última jornada da fase regular, os Anaheim Ducks venceram a Divisão Pacífico com 103 pontos e vão medir forças com os Nashville Predators, que ganhou o primeiro «Wild Card» somando 96 pontos. Os Ducks são favoritos a passarem à fase seguinte e à semelhança da última temporada querem chegar longe, e longe é até à final da Stanley Cup. No ano passado foram derrotados na final de conferência pelos Chicago Blackhawks, que de resto havia eliminado os Nashville Predators nesta primeira ronda.

Corey Perry com 34 golos e o veterano Ryan Getzlaf com 50 assistências e 63 pontos são as duas figuras maiores em Anaheim, enquanto em Nashville é Filip Forsberg, filho da antiga estrela Peter Forsberg, que domina com 33 golos e 64 pontos. Uma ronda que pode ser resolvida também em quatro ou cinco desafios.

LA Kings x San Jose Sharks

Os LA Kings foram relegados para a segunda posição da Divisão Pacífico pelos Ducks e vão por isso ter pela frente os San Jose Sharks. As duas equipas falharam os playoffs na última temporada, mas o conjunto de LA conquistou a Stanley Cup por duas vezes nos últimos quatro anos. Por seu turno a formação do estado da Califórnia nunca venceu o troféu, embora todas as temporadas seja apontada como uma das mais fortes candidatas.

Anze Kopitar dos Kings é o líder das assistências, 49 e conta com 74 pontos. Nos Sharks o veterano Joe Thornton com 82 pontos e 63 assistências continua a ser dos mais influentes no plantel. Uma eliminatória que poderá ter que ser resolvida em sete desafios.

A Stanley Cup é disputada anualmente desde 1915 (Foto: nhl.com)

Florida Panthers x New York Islanders

Vamos agora à Conferência Este onde os Florida Panthers conquistaram a Divisão Atlântico com 103 pontos e vão ter pela frente os New York Islanders, a primeira classificada no acesso ao «Wild Card». A equipa da Florida é a grande surpresa não só porque na última época, não se qualificou para os playoffs, como este ano entra como uma das equipas mais fortes a poder chegar à final de conferência. Só por uma vez lutou pelo título, tendo sido derrotada em 1996 pelos Colorado Avalanche.

Por seu turno os Islanders querem ultrapassar a primeira ronda dos playoffs, depois de no ano passado terem perdido em sete jogos contra os Washington Capitals. Já conquistaram por quatro vezes o título, todas de forma consecutiva entre 1979 e 1983, tendo perdido no ano seguinte a oportunidade de fazer o «penta», para os Edmonton Oilers. Aos 44 anos Jaromir Jagr é o jogador com mais pontos nos Florida Panthers, 66, enquanto o luso-canadiano John Tavares é o melhor marcador dos «Isles» com 33 remates certeiros e 70 pontos. Uma eliminatória a poder ser decidida em cinco partidas.

Tampa Bay Lightning x Detroit Red Wings

Um «rematch» da última temporada. Em 2015 os dois conjuntos encontraram-se também na primeira ronda e com os Tampa Bay Lightning a terem o factor casa, acabaram por vencer por 4-3. Segundo e terceiro classificado, respectivamente da Divisão Atlântico será sem dúvida um desafio equilibrado embora a equipa dos Lightning tenha maior favoritismo. Mas os Detroit Red Wings vão para a sua 25ª presença consecutiva nos playoffs, um feito notável e único nos desportos de equipas nos Estados Unidos. Por seu turno a equipa do estado da Florida é a vice-campeã e quer provar, que pode chegar ao título.

A formação da «motor city» tem já onze Stanley Cup no seu historial, contra apenas uma dos Tampa bay, que tem como sempre em Steven Stamkos o seu melhor marcador com 36 golos e Nikita Kucherov com 66 pontos. Nos Red Wings é o jovem «rookie» Dylan Larkin que lidera nos golos 23, e o capitão Henrik Zetterberg o «rei» das assistências 37 e 50 pontos obtidos. Este é uma eliminatória que tem tudo para ser novamente decidida em sete partidas.

Washington Capitals x Philadelphia Flyers

Um desafio que coloca frente-a-frente a maior qualidade técnica dos jogadores de Washington, contra um jogo mais físico dos Philadelphia Flyers. A equipa do estado da Pensilvânia ficou com o segundo lugar de acesso ao «Wild Card», mas vai ter que defrontar o conjunto que mais pontos fez (120) de todas as 30 equipas da NHL, nesta fase regular. Os Capitals apostam tudo para que este seja finalmente o ano, em que vencem pela primeira vez a Stanley Cup, os Flyers por seu turno já por duas vezes levantaram o «caneco».

Na época passada os Washington perderam na meia-final da conferência por 4-2, com os New York Rangers, já os Philadelphia nem chegaram aos playoffs. O russo Alex Ovchenkin é o melhor marcador não só dos Capitals como da NHL, com 50 golos e o seu compatriota Evgeny Kuznetsov soma 77 pontos e 57 assistências. Nos Flyers Claude Giroux com 67 pontos e 45 assistências. Não nos surpreenderia se os Washington fizessem a chamada «varridela» e vencessem em quatro partidas.

Pittsburgh Penguins x New York Rangers

Os segundo e terceiro classificados da Divisão Metropolitana em outra repetição da época transacta, mas essa é apenas a única semelhança. Este ano são os Pittsburg Penguins a terem o factor casa e certamente vão querer «vingar-se» dos 4-1 sofridos em 2015, face aos New York Rangers que alcançaram a final de conferência. O conjunto de Pittsburgh já ganhou por duas vezes o troféu, a última das quais em 2008, enquanto a formação de Nova Iorque leva quatro conquistas, mas a última foi já em 1994, tendo perdido na final em 2014, por expressivos 4-1 contra os LA Kings.

Nos Penguins continua a ser Sidney Crosby o expoente máximo com 36 golos e 85 pontos somados. Nos Rangers as coisas são mais repartidas com Mats Zuccarello a ter 61 pontos, Keith Yandle com 42 assistência e Derick Brassard 27 remates certeiros. Este é mais um encontro que tem todas as condições para ser decidido em sete jogos.

Os playoffs começam esta noite com três partidas, os primeiros a entrar no gelo serão os Tampa Bay Lightning frente aos Detroit Red Wings, seguindo-se os Pittsburg Penguins contra os New York Rangers e por fim os St. Louis Blues diante dos Chicago Blackhawks.

Outros desportos