NHL: A batalha final pela Stanley Cup

O derradeiro confronto começa esta madrugada. Pittsburgh Penguins e San Jose Sharks vão lutar pela conquista da Stanley Cup. O factor casa está no lado da equipa da Pensilvânia, mas na grande final tudo pode acontecer.

NHL: A batalha final pela Stanley Cup
Penguins ou Sharks quem vence a Stanley Cup (Foto: nhl.com)

Quem irá suceder aos Chicago Blackhawks na conquista da Stanley Cup? A resposta a esta pergunta começa a ser dada esta noite numa série à melhor de sete jogos, no Consol Energy Center, onde os Pittsburgh Penguins segundos classificados da divisão Metropolitana na fase regular da conferência Este com 104 pontos, vão receber os San Jose Sharks, terceiros classificados da divisão Pacífico da conferência Oeste com 98 pontos. Uma final inédita na história da NHL, desde logo para a equipa do estado da Califórnia, que pela primeira vez em 25 anos chega à final da Stanley Cup. Por seu turno os Pittsburgh Penguins vão estar pela quinta vez, nesta posição, tendo nas outras quatro edições vencido por três vezes e perdido uma.

Quem vai levantar a Stanley Cup? (Foto: macleans.ca)

Para chegarem à grande final os Pittsburgh Penguins venceram na final de conferência os vice-campeões, Tampa Bay Lightning por 4-3. A equipa da Florida teve tudo a seu favor para fechar a eliminatória no jogo seis em sua casa, mas não foi capaz de o fazer perdendo por expressivos 2-5. Dois dias depois em Pittsburgh a jogar em casa os Penguins não deixaram escapar a oportunidade e ganharam por 2-1.

Desde 2009 que a formação orientada por Mike Sullivan, não estava na final da Stanley Cup, tendo na altura derrotado os Detroit Red Wings, «vingando» assim a derrota imposta no ano anterior, pelo conjunto de Detroit. Liderados pelo capitão Sidney Crosby, tem no entanto sido Phil Kessel a ter maior destaque nos playoffs, levando já nove golos marcados, num total de dezoito pontos. Já Nick Bonino é o «rei» das assistências com doze.

 

Quanto aos San Jose Sharks estão a viver uma experiência única. A equipa da Califórnia tem andado sempre perto, de chegar aos momentos das grandes decisões, mas essa pressão tinha vindo a ser prejudicial para a equipa que acabava por claudicar. Porém esta temporada mostraram-se sólidos e concentrados, com uma boa organização defensiva e um ataque bastante produtivo. Na final da conferência Oeste derrotaram os St. Louis Blues por 2-4, vencendo o jogo seis no reduto da formação do Missouri por 2-5.

Numa equipa onde os veteranos Joe Thornton e Patrick Marleau são a base da experiência e mística, é o capitão Joe Pavelski a dar o exemplo já com treze golos marcados nos playoffs. O jovem Logan Couture soma 24 pontos e 16 assistências. O facto de estarem pela primeira vez na final da Stanley Cup é motivação mais que suficiente para os Sharks quererem vencer, mas também poderá jogar contra eles dada a maior experiência dos Penguins nesta fase da competição.

Durante a fase regular os dois conjuntos encontraram-se por duas ocasiões. O resultado foi uma vitória para cada lado, com a curiosidade de terem sido obtidas no campo do adversário. A 21 de Novembro os Sharks foram a Pittsburgh vencer por 1-3, no entanto os Penguins não fizeram a coisa por menos e a 1 de Dezembro golearam em San Jose por 1-5. Por isso ambas partem empatadas para a derradeira final e o factor casa, como se viu acaba por não ser um factor predominante. Os dados estão lançados, agora é esperar que o «puck» vá para o gelo e que ganhe o melhor.

Joe Pavelski ou Sidney Crosby um deles vai erguer a Stanley Cup