NHL: Pittsburgh Penguins vencem Stanley Cup

Os Pittsburgh Penguins são os novos campeões da NHL, ao terem derrotado na última madrugada os San Sharks por 1-3, vencendo a final da Stanley Cup por 4-2.

NHL: Pittsburgh Penguins vencem Stanley Cup
Penguins celebram o título (Foto: macleans.ca)

Ao segundo match-point os Pittsburgh Penguins não falharam. A vencerem a série por 3-2, os Pens tinham desperdiçado a oportunidade de festejar na passada quinta-feira com os seus adeptos, ao perderem o jogo cinco com os San Jose Sharks por 4-2. A equipa da California fazia assim o mais díficil e trazia a final de novo para o seu reduto, com a hipótese de empatar e forçar um derradeiro e decisivo sétimo encontro.

Porém os Penguins voltaram a mostrar a superioridade que tiveram ao longo desta final, mesmo nos desafios em que foram derrotados, foi evidente que a formação orientada por Mike Sullivan estava mais bem preparada que o seu adversário. Por isso repetiram a dose do jogo quatro e venceram novamente por 1-3, com Brian Dumoulin a abrir o marcador ainda no primeiro período, numa altura em que os Pens jogavam em superioridade numérica.

A resposta dos Sharks apareceu no segundo tempo com Logan Couture a empatar a partida, mas no minuto seguinte e sem dar tempo para grandes celebrações dos adeptos da casa, os Penguins retomaram a liderança com um golo de Kris Letang. A partir daqui os visitantes tentaram gerir da melhor forma o encontro perante a formação de San Jose, que tentou de todas as formas bater Matt Murray.

O resultado e vencedor ficou decidido no último minuto do desafio, já com os Sharks a optarem por tirar o seu guarda-redes da baliza, aproveitou Patric Hornqvist para fazer o 1-3 final, levando ao rubro os poucos adeptos que marcaram presença no SAP Center. Sete anos depois de terem batido os Detroit Red Wings, por 3-4, os Pittsburgh Penguins voltam a ganhar a competição profissional mais velha da história, a Stanley Cup que existe desde 1892.

Sidney Crosby ergueu a Stanley Cup e foi eleito MVP (Foto: cbsnews.com)

Um dos grandes obreiros desta conquista foi sem dúvida o capitão Sidney Crosby. O camisola 87 liderou a equipa não só nesta final, bem como ao longo dos playoffs, somando um total de 19 pontos, fruto de seis golos e treze assistências, duas das quais no encontro da última madrugada. Numa época bastante conturbada que começou com a troca de técnicos, após um mau arranque da fase regular, esta vitória dos Pittsburgh Penguins pode ser considerada algo surpreendente, mas esta é a «magia» da NHL onde a imprevisibilidade é uma das imagens de marca.

Para levantarem o troféu o Pens eliminaram na primeira ronda os New York Rangers por 4-1, na meia-final da conferência Este venceram por 4-2 os Washington Capitals, equipa que somou mais pontos de todas que compõem a NHL e que era vista por muitos como a grande candidata à vitória. Depois na final os Pittsburgh Penguins derrotaram por 4-3 os vice-campeões, Tampa Bay Lightning. Esta é a quarta Stanley Cup conquistada pelo conjunto da Pensilvânia, após os triunfos em 1991, 1992 e 2009.

Outros desportos