Nets vencem Heat em casa e Spurs encaminham classificação diante dos Blazers

Pela rodada deste sábado (10) dos playoffs da NBA, duas séries que estavam em 2 a 0 tiveram destinos diferentes. Enquanto o Brooklyn Nets conseguiu sua primeira vitória no confronto com o Miami Heat, por 104 a 90, e diminuiu a diferença para os atuais bicampeões. Já o Portland Trail Blazers perdeu mais uma vez para o San Antonio Spurs, dessa vez por 118 a 103, e praticamente deu adeus à temporada. Nunca um time da NBA reverteu uma desvantagem de 3 a 0, e é muito improvável que os Spurs de Gregg Popovich sejam os primeiros a permitir isso. Ambos os duelos voltam a acontecer na próxima segunda-feira (12).

Nets derrotam Heat no Brooklyn e reagem na série

Pelas semis-finais dos playoffs a conferência Leste da NBA, o Brooklyn Nets recebeu o Miami Heat e venceu por 104 a 90. Essa foi a primeira vitória de Brooklyn na série, que é liderada pelo Heat por 2 a 1. O destaque da equipe vencedora vai para o ala-armador Joe Johnson, que marcou 19 pontos e distribuiu 6 assistências durante o jogo.

Os Nets começaram melhores na partida. Com o apoio da torcida, aproveitaram duas tentativas perfeitas de chutes para 3 de Johnson para abrir 15 a 10 rapidamente. Mas não demorou muito para o Heat nivelar o jogo novamente. LeBron James acertou 6 de seus 7 arremessos de quadra no primeiro quarto e liderou o Heat para a virada, com o placar em 30 a 29 ao fim do período.

O jogo continuou muito equilibrado no segundo quarto, assim como foi no primeiro. Miami foi ligeiramente superior no inicio, mas não se convertia em grande vantagem no placar e as duas equipes trocavam cestas e posses desperdiçadas. Andray Blatche veio muito bem do banco e os Nets melhoraram na segunda metade do período, terminando o primeiro tempo à frente por 51 a 49.

Na volta do intervalo, os Nets vieram para a quadra totalmente diferentes, com ótima atuação na defesa e um ataque muito eficiente. Contando com as bolas de 3 de Johnson e Paul Pierce, abriram vantagem no placar, enquanto Miami não reagia. Mirza Teletovic saiu do banco no terceiro quarto após a quarta falta de Pierce e surpreendeu em quadra. O ala acertou vários chutes de 3 e Brooklyn terminou o período com uma liderança por 77 a 63. 

No último quarto, o ataque alvinegro continuou consistente e, mantendo o ótimo aproveitamento da linha de 3, puderam administrar a vantagem construída ao longo do jogo. Ao fim da partida, vitória de Brooklyn por 104 a 90.

Destaques dos Nets

Joe Johnson: 19 pontos e 6 assistências (7/10 nos chutes de quadra, 70%)

Andray Blatche: 15 pontos e 10 rebotes (5/10 nos chutes de quadra, 50%)

Destaques do Heat

LeBron James: 28 pontos, 8 rebotes e 5 assistências (8/15 nos chutes de quadra, 53%)

Dwyane Wade: 20 pontos e 3 roubos de bola (9/18 nos chutes de quadra, 50%)

Spurs vencem Blazers pela terceira vez consecutiva e podem fechar série no próximo duelo

Pelos playoffs da conferência Oeste da NBA, o San Antonio Spurs viajou até Oregon para enfrentar e derrotar o Portland Trail Blazers por 118 a 103.  Esse foi o terceiro confronto da série semi-final da conferência Oeste, e também a terceira vitória dos Spurs.  Uma nova vitória texana no jogo da próxima segunda-feira (12) define a classificação de San Antonio. Tony Parker foi outra vez o grande nome dos visitantes, com 29 pontos e 6 assistências no jogo.

O jogo foi de domínio total dos Spurs do começo ao fim. No início da partida, os comandados de Gregg Popovich saltaram na frente do placar para não largar mais. O primeiro quarto já indicava que as coisas seriam muito difíceis para Portland. Parker anotou 10 pontos nos primeiros 7 minutos e San Antonio terminou o período na frente por 28 a 18.

A diferença de 10 pontos, construída no primeiro quarto, foi dobrada no segundo. Os Spurs abusaram do jogo coletivo e a marcação dos Blazers parecia perdia com tamanha movimentação da bola. 7 jogadores diferentes marcaram pontos para San Antonio no quarto (Diaw, Bellineli, Mills, Duncan, Green, Parker e Leonard) e Portland não conseguia render bem no ataque, cometendo muitos desperdícios e dando posses extras para os visitantes, que, eficientes, chegaram ao fim do primeiro tempo com uma liderança de 20 pontos, 60 a 40.

Após o descanso nos vestiários, os Trail Blazers retornaram à quadra dispostos a cortar a diferença dos atuais campeões da conferência Oeste. Com um ataque mais leve e fluido, sem tantos erros bobos, conseguiram diminuir a diferença para um dígito só. Bastaram 6 minutos para a liderança dos Spurs cair para 68 a 60. Essa distância, no entanto, foi a menor entre os dois times no restante da partida. Não importa o que os Blazers fizessem, parecia que San Antonio sempre teria uma resposta à altura, e as equipes se encaminharam para os 12 minutos finais com uma vitória dos Spurs por 83 a 69.

No último período, San Antonio não teve muito trabalho. Os donos da casa não tiveram nenhuma corrida mais significante no quarto e os texanos puderam aumentar sua diferença para a casa dos 20 pontos novamente. Com uma liderança tranquila no placar, os reservas das duas equipes entraram com 2 minutos para terminar o jogo, que foi encerrado com vitória dos Spurs por 118 a 101.

Destaques dos Spurs

Tony Parker: 29 pontos e 6 assistências (12/20 nos chutes de quadra, 60%)

Kawhi Leonard: 16 pontos e 10 rebotes (4/10 nos chutes de quadra, 40%)

Destaques dos Trail Blazers

LaMarcus Aldridge: 21 pontos e 12 rebotes (9/23 nos chutes de quadra, 39%)

Damian Lillard: 21 pontos e 9 assistências (7/21 nos chutes de quadra, 33%)

VAVEL Logo