Flamengo bate Paulistano e é tricampeão do NBB
Jogando diante de sua torcida, o Fla soube decidir a partida nos lances finais (Foto: Marcello Neves)

Na base da emoção e da raça, o Flamengo foi campeão do Novo Basquete Brasil sobre o Paulistano. O título veio com a vitória dos cariocas por 78 a 73  na manhã deste sábado (31), em final disputada em jogo único na HSBC Arena, no Rio de Janeiro. A conquista coroa a melhor temporada da história do basquete rubro-negro. A equipe foi campeã carioca, latinoamericana e brasileira, além de ganhar uma vaga no Intercontinental contra o Maccabi Tel-Aviv, campeão da Euroliga, e conseguir a chance de jogar contra dois times da NBA. Esse foi o terceiro NBB vencido pelo Fla, o segundo consecutivo, igualando-se ao Brasília como maior vencedor da história da competição.

A partida começou com o Flamengo muito mais forte e atento. Pegando os 3 primeiros rebotes do jogo, os cariocas abriram 15 a 4 no placar com muita rapidez. O técnico Gustavinho pediu tempo e o Paulistano voltou com outra postura para a quadra.  O ala Desmond Holloway anotou 11 pontos e o alvirrubro diminuiu a diferença para 22 a 17 ao fim do primeiro período.

A equipe paulista voltou melhor para o segundo quarto e aplicou uma corrida de 9 a 3 para tomar a liderança do jogo pela primeira vez. A defesa forte e o jogo coletivo do Paulistano foi superior ao individualismo e jogo de perímetro do Fla, que terminou o primeiro tempo perdendo por 40 a 38.

Voltando dos vestiários, as equipes passaram a fazer uma partida bastante equilibrada. O Flamengo fez 6 pontos seguidos logo de cara, mas foi respondido por 8 pontos diretos do Paulistano. A partir daí, o jogo tornou-se muito disputado, com os times alternando pontuações e a liderança no placar. O terceiro quarto chegou ao fim com liderança rubro-negra por 60 a 57.

O último e definitivo período se iniciou com uma grande surpresa. O ala-armador Benite, que voltara de contusão no primeiro tempo após mais de 6 meses de inatividade, anotou 6 pontos para ajudar o Fla a abrir uma boa vantagem no começo do quarto, 69 a 62. O Paulistano não se entregou, porém, e conseguiu empatar o jogo com menos de 2 minutos para o final do jogo, 73 a 73. Com uma arbitragem muito rigorosa, ambos os times já haviam ultrapassado o limite de faltas. Por isso, a partida foi praticamente decidida na linha de lances livres. Laprovittola cobrou 2 para botar o Fla à frente. César teve a chance de virar o jogo com uma bola de 3, mas errou. Marcelinho ganhou uma falta do outro lado da quadra e praticamente definiu a partida com mais 2 arremessos da linha, 77 a 73. Gustavinho pediu tempo, tentou desenhar uma jogada, mas de adiantou. Fim de jogo, vitória por 78 a 73 e Flamengo campeão do Novo Basquete Brasil.

VAVEL Logo