Penalização ao Napoli é retirada, e equipe assume o segundo lugar da Serie A

Nesta quinta-feira (17), o Napoli conseguiu uma vitória que valeu dois pontos. O clube entrou com um recurso no Tribunal de Justiça da Federação Italiana de Futebol (FIGC), pedindo a volta de dois pontos retirados, e venceu a ação. O Napoli tinha sido punido por omissão em tentativa de manipulação de resultados, em 2010. Além dos pontos perdidos nessa temporada, o capitão Paolo Cannavaro e o zagueiro Gianluca Grava haviam sido suspensos por seis meses.

Na última rodada da Serie A de 2009/2010, o ex-goleiro reserva da equipe, Matteo Gianello, tentou combinar com os dois zagueiros o resultado da partida, sabendo que a Sampdoria poderia conseguir uma vaga na Champions League com uma vitória. Mesmo com os dois atletas não aceitando, no jogo, a equipe de Gênova venceu por 1 a 0, e se classificou. Os dois zagueiros haviam sido punidos por não delatar o goleiro, que pegou uma pesada suspensão de três anos e três meses.
 
Hoje, a Federação anunciou que aceitou o recurso dos azzurri. Além dos dois pontos reconquistados e das suspensões dos atletas retiradas, a multa de 70mil euros foi baixada para 50mil. O próprio goleiro Gianello, que deixou o Napoli ainda em 2010, teve sua pena reduzida, para um ano e nove meses. 
 
Com isso, o Napoli sobe para os 42 pontos, e empata com a Lazio. A diferença é que os partenopei possuem melhor saldo de gols, e, assim, assumem a vice liderança. Apenas três pontos atrás da líder Juventus, o Napoli ganha um incentivo extra para brigar pelo título, que não conquista desde a temporada 89/90. No domingo, a equipe visita para Florença, onde encara a Fiorentina, já com os dois zagueiros disponíveis.
VAVEL Logo