Fenerbahce vence e sai na frente da Lazio pela Europa League

No jogo de ida das quartas de final da UEFA Europa League, o Fenerbahce recebeu a Lazio no Sükru Saracoglu, em Istambul, e venceu o time italiano por 2 a 0. Os gols da equipe turca foram marcados pelo camaronês Webó, cobrando pênalti, e pelo holandês Dirk Kuyt, pegando rebote de Marchetti. Com a vitória, o Fenerbahce abriu boa vantagem em cima da Lazio e não levou gols. Com a derrota, o time italiano agora espera tirar essa vantagem jogando em casa.

Embora os dois times tenham começado em um ritmo forte, ambos chegaram muito pouco ao gol adversário na primeira etapa. E isso graças as suas defesas, muito bem postadas. Na primeira chegada mais forte do jogo, o time da Lazio ficou na bronca com o árbitro, aos 12 minutos. No contra-ataque, Lulic enfiou a bola para Ederson, que ganhou de Ziegler na corrida e caiu dentro da área, alegando um toque do adversário em sua perna. O árbitro escocês William Collum nada marcou.

Empurrado pela torcida, o Fenerbahce começou a usar a jogada aérea, sempre lançada por Cristian e esperando o desvio tanto de Webo quanto de Moussa Sow. Já na Lazio, a solução era pegar a bola e armar um contra-ataque rápido, tentando surpreender o time da casa. Porém, quase o time italiano acabou sendo surpreendido. Aos 16', Ederson tentou afastar a bola na defesa e acertou Mehmet Topal. A bola espirrou para o meio da área e encontrou Moussa Sow, que finalizou no canto e obrigou Marchetti a fazer uma linda defesa, salvando a Lazio. A bola ainda pegou no pé da trave direita, dando mais emoção ao lance.

Percebendo o perigo que corria, a Lazio saiu para o jogo, sempre com Ederson e Lulic. Hernanes - sumido no jogo -, pouco criou no primeiro tempo, aparecendo apenas nas bolas paradas. Em uma de suas poucas participações, o brasileiro colocou a bola na cabeça de Ederson, que finalizou por cima do gol de Volkan.

Veio o segundo tempo e veio um duro golpe para a Lazio. Onazi fez falta dura - e besta - em Cristian no meio-campo e tomou cartão amarelo. Como já tinha um amarelo, foi expulso. O Fener então foi para frente. Aos 55', Maireles recebeu da intermediária e mandou no canto, fazendo Marchetti espalmar para escanteio. Mesmo com um a menos, a Lazio não se deu por vencida e chegou com muito perigo ao gol de Volkan. Candreva achou espaço na entrada na área e arriscou no meio de dois marcadores, acertando a trave.

Sumido na partida, Moussa Sow quase abriu o placar aos 68'. O senegalês recebeu na direita, entrou na área, puxou para a perna esquerda e mandou no ângulo de Marchetti, assustando o goleiro e acordando a torcida. Na Lazio, a saída de Ederson, machucado, para a entrada de Ledesma, dificultou a ida do time ao ataque. No Fenerbahce, Erkin entrou no lugar de Topal e no seu primeiro lance no jogo, mudou o rumo da partida. Em dividida com Radu, o defensor da Lazio colocou a mão na bola e o árbitro William Collum marcou pênalti. Na cobrança, Webó colocou no direito de Marchetti e abriu o placar: 1 a 0.

Com a vantagem no placar, Aykut Kocaman tirou Moussa Sow, que sentira a coxa desde o início do segundo tempo, e colocou Mehmet Topuz, deixando seu meio mais forte. Já Vladimir Petkovic tirou Hernanes logo após o gol sofrido e colocou Mauri, buscando um gol fora de casa. Porém, o camisa numero 6, que tinha acabado de entrar, ajudou o time adversário. Mauri fez falta na intermediária. Na cobrança, Erkin botou no canto de Marchetti, que espalmou. No rebote, Dirk Kuyt escorou e aumentou a vantagem: 2 a 0.

Com o gol sofrido já no fim da partida, a Lazio pouco pode fazer para diminuir a vantagem. Ao término do jogo, festa turca e preocupação italiana. Os dois times agora voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira (11), no Estádio Olímpico de Roma. É a chance da Lazio de tirar a vantagem, ou do Fenerbahce de confirmar a classificação.

VAVEL Logo