Vidal decide e Juventus bate Milan em casa

A Juventus recebeu o Milan em seu estádio neste domingo (21) para o grande jogo da rodada e venceu o time rossonero pelo placar mínimo. Vidal, de pênalti, decidiu o jogo e deixou a vantagem da Vecchia Signora em 11 pontos sobre o Napoli. A derrota deixa o Milan na terceira posição com 59 pontos, agora apenas um ponto a frente da Fiorentina, que venceu o Torino por 4 a 3 e agora tem 58 pontos.

O jogo começou com as duas equipes muito bem postadas no campo. O pimeiro chute ao gol veio com El Shaarawy pelo lado esquerdo, sem problemas para Buffon. Um minuto depois foi a Juve acertar o gol e levar perigo ao gol rossonero. Robinho colocou a mão na bola e cometeu falta na intermediária. Na cobrança, Pirlo bateu a meia altura, a bola desviou na barreira e ia enganando Abbiati. O arqueiro voltou e conseguiu espalmar para escanteio, fazendo boa defesa. A defesa custou caro à Abbiati. Na hora da intervenção, o goleiro sentiu um problema na panturrilha e teve de sair minutos depois para a entrada de Amelia.

Sem conseguir chegar a área da Juve, o Milan passou a arriscar de fora. Na primeira chance, Ambrosini chutou de esquerda da entrada da área levando perigo ao gol de Buffon. Depois, foi a vez de El Shaarawy arriscar de peito de pé e obrigar o goleiro italiano a fazer boa defesa. A Juve chegava pouco ao ataque, sempre com Pirlo nas cobranças de falta. Com isso, o jogo esfriou e os times foram para o vestiário empatados.

Na segunda etapa, a Juve por pouco não abriu o placar logo no primeiro minuto. Pirlo cobrou o escanteio na cabeça de Chielini, que cabeceou com perigo para fora. Três minutos mais tarde foi a vez do Milan assustar. Mexés antecipou a marcação, roubou a bola no meio do campo e avançou até a entrada da área, chutando no meio do gol para defesa tranquila de Buffon.

Até que aos 56', veio o pênalti. Pirlo lançou Asamoah na esquerda, o meia ganhou de Abate na corrida e foi atropelado por Amelia dentro da área. Na cobrança, Vidal botou no ângulo esquerdo do goleiro e abriu o placar: 1 a 0. 

Atrás no placar, o Milan não conseguia sair, principalmente pela falta de criação de Montolivo e Boateng, além de uma atuação discreta de El Shaarawy. Com isso, a Juve foi levando o jogo tranquilamente. Aos 67', Pogba recebeu na esquerda e foi cortando no meio. O francês achou Vucinic dentro da área e tocou para o atacante chutar para fora. Allegri então resolveu mexer no time, colocando Bojan no lugar de Robinho, nulo no jogo. E não demorou muito para o espanhol criar mais que Robinho. Foi ele quem iniciou o ataque que terminou com o chute de Muntari para defesa de Buffon.

Nos últimos cinco minutos, o Milan foi para cima tentando o gol de empate a qualquer custo. Montolivo, por duas vezes, arriscou de longe e fez Buffon trabalhar. Mas era muito pouco. Com a bola no pé, a Juve foi levando o jogo tranquilamente até o fim. Ao apito final, festa da Vecchia Signora, a quatro pontos deconquistar o título, o 29º Scudetto de sua história. Na próxima rodada, a Juve tem o clássico da cidade contra o Torino no Estádio Olímpico de Turim, enqunto o Milan recebe o Catania no San Siro.

Resultados da rodada

Genoa 1-1 Atalanta

Udinese 1-0 Lazio

Internazionale 1-0 Parma

Roma 1-1 Pescara

Bologna 1-1 Sampdoria

Catania 1-1 Palermo

Fiorentina 4-3 Torino

Napoli 3-2 Cagliari

Siena 0-1 Chievo

VAVEL Logo