Thereau marca no fim e Chievo vence Roma fora de casa

No jogo de abertura da 36ª rodada da Serie A, A Roma recebeu o Chievo e foi derrotada pelo time de Verona no Estádio Olímpico. Cyril Thereau, no último minuto de jogo marcou o gol da vitória. Com a derrota, a Roma fica estacionada na quinta posição com 58 pontos, podendo ser ultrapassada pela Udinese que enfrenta o Palermo fora de casa. Já o Chievo com a vitória, fica na 11ª posição do Calcio com 43 pontos. O primeiro tempo começou com as duas equipes se arrastando em campo, com muitos erros de passe e pouca atitude ofensiva. Por mais que a Roma tentasse chegar ao ataque pelos lados, fracassava com Piris e Dodô, que não completavam as jogadas.

Até que aos 34, a Roma finalmente finalizou para o gol. Marquinhos lançou para Piris na linha de fundo, o paraguaio cruzou rasteiro para Osvaldo finalizar em cima de Puggioni. A Roma dominava o jogo e não deixava o Chievo jogar, mas também não conseguia chegar ao gol do time adversário. A ideia então foi usar a bola parada. Já nos acréscimos, Totti sofreu falta na entrada área. Na cobrança, o próprio atacante cobrou e mandou em cima de Puggioni, que afastou de forma esquisita. 

Na volta do intervalo, a Roma por pouco não abriu o placar. No primeiro minuto, Destro recebeu na grande área e chutou de esquerda para boa intervenção de Puggioni. A resposta do Chievo veio um minuto depois. Hetemaj lançou Thereau na área, o atacante ganhou de Burdisso na corrida mas na hora de chutar, furou e deixou a bola nas mãos de Lobont. A Roma não se incomodou e em dois lances seguidos quase marcou seu gol. No primeiro, Pjanic cobrou escanteio da esquerda e Destro, sozinho, cabeceou no canto obrigando Puggioni a salvar o Chievo. Na continuação do lance, Totti dominou da entrada da área e chutou, a bola desviou em Dramé e acertou o travessão.

Era outro jogo. Nem parecia ser o mesmo jogo da primeira etapa. A Roma, com o apoio de seu torcedor, voltou muito forte. Já o Chievo esperava apenas um espaço da zaga romana para levar perigo. Entretanto, quem deu espaço foi o time visitante e quase a Roma aproveitou. Dodô carregou a bola até a entrada da área e tocou para Destro. O atacante devolveu na área para o brasileiro que, na hora do chute, foi travado por Papp e perdeu grande chance.

A entrada de Seymour no lugar de Luciano deu mais movimentação ao Chievo. Já na Roma, Aurelio Andreazzoli passou a colocar seus jogadores que costumam ser titulares no time. Primeiro, botou Lamela no lugar de Pjanic tentando dar mais habilidade e mobilidade ao time. Depois, sacou Destro e colocou Bradley, deixando o time mais forte no meio. 

Apesar das alterações, os times continuavam pecando nas finalizações, principalmente a Roma. Em cruzamento de Dodô pelo lado esquerdo, a bola passou pro toda a área e ficou limpa para Florenzi mandar por cima do gol. De tanto perder chances, o time giallorosso foi castigado já no fim do jogo. No contra-ataque do time de Verona, Dramé recebeu na esquerda, cruzou na segunda trave e Thereau, sozinho, desviou para marcar e decidir o jogo: Chievo 1 a 0. Gol de um time que quase não atacou no jogo e que esperou a partida inteira para ter sua chance e vencer o jogo. Na Roma, a torcida asgora é pelo Palermo, que enfrenta a Udinese, adversária do time de Roma na disputa por uma vaga na Europa League da temporada que vem.

Na próxima rodada, a Roma enfrenta o Milan no San Siro pelo grande clássico da rodada, enquanto o Chievo recebe o Torino em casa.

VAVEL Logo