Atlético de Madrid joga bem, vence o Valladolid e assume a liderança temporária

Após três derrotas seguidas, o Atlético de Madrid venceu o Real Valladolid por 3 a 0 no Vicente Calderón pela 24ª rodada do Campeonato Espanhol e assumiu a liderança provisória da competição. Raúl Garcia, Diego Costa e Godín marcaram os gols colchoneros.

O Atlético agora torce contra Real Madrid e Barcelona para manter-se na liderança da Liga. Na próxima rodada, o time de Diego Simeone visitará o Osasuna enquanto o Valladolid recebe o Levante.

Com dois gols relâmpagos, Atlético define o jogo no primeiro tempo

O Valladolid começou pressionando e com uma marcação forte no meio, mas a tática proposta por Martinez só durou três minutos. Após falta na entrada da área, em cobrança ensaiada, Gabi rolou para Raúl García que de frente pro gol, abriu o placar em um bela finalização, sem chances para o goleiro Mariño.

Após o gol, foram os Colchoneros que passaram a pressionar, e aos cinco minutos de jogo, Diego Costa recebeu um lançamento de Raúl García e tocou por cima de Mariño que estava adiantado, para ampliar o placar.

Com os 2 a 0 em menos de 5 minutos, o Atlético se viu em uma situação confortável e o time de Simeone controlou o jogo a partir daí, principalmente com Gabi e Mario Suarez que estiveram muito bem postados no meio campo e anularam todas as jogadas tentadas pelo Valladolid, principalmente com Larsson.

Mesmo com o domínio, o Atlético não conseguiu cria outras chances claras de gol na primeira etapa. Diego Costa ficou bem marcado, na postura defensiva que adotou Martinez após os dois gols sofridos. Com isso o jogo se concentrou no meio campo, com contra-ataques armados nos erros das duas equipes e nesse ritmo seguiu até o termino da primeira etapa.

Valladolid vai para cima, mas Godín decide

Na volta para a segunda etapa, Martinez mudou a equipe e colocou Osorio no lugar de Omar Ramos que esteve apagado na primeira etapa, e a alteração mudou o jogo do Valladolid, que começou a levar perigo ao gol de Courtois.Mas a primeira chance clara na segunda etapa foi do Atlético, aos 52' em cobrança de escanteio de Gabi, Godín subiu mais que a defesa e cabeceou forte, fazendo Mariño executar um ótima defesa.
 
No lance seguinte, o Valladolid respondeu com Javi Guerra que esteve apagado na primeira etapa, o atacante recebeu um ótimo lançamento de Rossi mas finalizou por cima do gol colchonero. Aos 59' Rossi cobrou escanteio preciso mas Javi Guerra que pegou de primeira, finalizou mal.
 
Assim como na primeira etapa, após um bom começo do Valladolid, o Atlético passou a dominar o jogo. Aos 63' Simeone para colocar mais criatividade ao meio campo, colocou Diego no lugar de Raúl García. Aos 65' após cobrança de escanteio, Mario Suarez acertou a trave de Mariño, no rebote a zaga colocou pra escanteio. Aos 71' Martinez colocou Valdet Rama no lugar de Larsson que pouco fez na segunda etapa, mas a alteração não mudou o jogo e o domínio colchonero se manteve.
 
Mantendo o ritmo do primeiro tempo, o Atlético pressionava e aos 73' após Diego cobrar escanteio, Godín novamente subiu mais que a defesa, mas dessa vez sem chances de defesa para Mariño, aumentou o placar.
 
Com  uma grande vantagem no placar, Simeone sacou Arda Turan e Koke, em seus lugares colocou David Villa que voltou de lesão e Sosa. Mesmo com 3-0 no placar, o Atlético não parava de atacar, aos 83' Diego com um passe preciso, lançou Godín, mas o zagueiro do Atlético que estava bem marcado finalizou mal. Sem criatividade alguma, nas poucas jogadas criadas pelo Valladolid a defesa colchonera sempre levava a melhor, afastando o perigo.
 
Após o juiz assinalar 2 minutos de acréscimos e com o placar já resolvido, o  Atlético passou a tocar a bola no meio campo até o termino da partida.
VAVEL Logo