Melhor da partida, Ochoa afirma: "Defesa mais difícil da minha vida"

Escolhido pela Fifa como melhor jogador da partida, o goleiro do México, Guillermo Ochoa, afirmou a defesa que ele fez em uma cabeçada do Neymar no primeiro tempo foi a mais difícil de sua vida.

Ochoa foi o grande responsável pelo empate em 0 a 0 do México contra o Brasil, nesta terça-feira (17), pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo. Resultado que faz os mexicanos necessitarem apenas de um ponto no confronto contra a Croácia, na segunda-feira (23).

“Foi a melhor partida da minha carreira. Ainda mais numa Copa do Mundo, contra o anfitrião. Foi inesquecível, a maior defesa da minha vida. Mas nada está definido ainda. Vamos seguir trabalhando”, afirmou o goleiro.

Além da defesa na cabeçada de Neymar, Ochoa ainda fez quatro outras boas defesas no segundo tempo, inclusive uma à queima-roupa em finalização de Thiago Silva. Na saída do jogo, o goleiro recebeu elogios do atacante brasileiro Fred.

"Desta vez, ao contrário da Copa das Confederações, foi um jogo mais aberto com oportunidades para as duas equipes. Não posso deixar de parabenizar o goleiro deles que fez pelo menos quatro milagres", afirmou o camisa 9 do Brasil.

O goleiro de 28 anos do Ajaccio, da França, está em sua terceira Copa do Mundo, mas em 2006 e 2010 ficou apenas no banco. Em 2014, ainda não sofreu gol nos dois jogos que disputou.

VAVEL Logo