Equador empata com a França e está eliminado da Copa do Mundo
(Foto: Divulgação/Fifa)

Nesta quarta-feira (25), o Equador empatou com a França sem gols, no estádio Maracanã, em Rio de Janeiro, foi eliminado da Copa do Mundo. A seleção sul-americana precisava vencer os franceses e torcer por uma derrota da seleção suíça, que venceu a seleção hondurenha por 3 a 0, para avançar às oitavas de final. Já os franceses irão enfrentar a seleção da Nigéria na próxima fase do torneio. O confronto será realizado na próxima segunda-feira (30), às 13h, no Estádio Nacional de Brasília.

No primeiro tempo da partida, os franceses criaram várias chances e obrigaram o goleiro Domínguez a fazer grandes defesas. Porém, os equatorianos apostaram no contra-ataque e na velocidade de seus jogadores para assustar a defesa francesa.

Na segunda etapa, a seleção do Equador precisava sair do segundo tempo com uma vitória, já que os suíços, que estavam empatados com o mesmo número de pontos e só perdiam no saldo de gols, estavam vencendo os hondurenhos por 2 a 0. A seleção sul-americana viu que a classificação seria algo muito difícil de conquistar quando Antonio Valencia, um dos principais jogadores da história do Equador, foi expulso quando deu um carrinho no lateral Digne.

Com o resultado, os Bleus se classificaram em primeiro e a Tri amargurou a terceira posição. Quem conquistou a segunda posição foi a seleção da Suíça, que venceu por 3 a 0 a única seleção que não pontuou no grupo, Honduras.

França criou mais oportunidades e fez com que Domínguez trabalhasse muito na primeira etapa

A primeira ida ao ataque são dos Bleus, com Digne, que cruzou e teve seu lançamento cortado pela zaga equatoriana. O Equador reagiu aos sete minutos do primeiro tempo, com um lançamento de Enner Valencia para Montero, que tentou driblar a zaga europeia, mas acabou perdendo o domínio e cedeu tiro de meta ao goleiro francês.

Aos 10 minutos do primeiro tempo, após um bate e rebate da zaga equatoriana com o ataque francês, Griezmann conseguiu arranjar um espaço e finalizou para fora. Depois de quatro minutos, a zaga da seleção sul-americana tentou afastar o cruzamento de Matuidi e fez besteira. Sissoko matou a bola e finalizou nas mãos de Domínguez. Após uma roubada de bola de Antonio Valencia, Equador quase saiu na frente do placar, só que Enner Valencia errou o passe para Montero e Lloris saiu do gol para agarrar a bola.

Não demorou muito para os europeus ameaçarem os equatorianos. Sagna acertou um bom cruzamento e Domínguez desviou a bola com os dedos, impossibilitando Benzema de abrir o marcador para os franceses. Arroyo fez Lloris trabalhar aos 33 minutos da primeira etapa. O atleta de 27 anos realizou uma jogada individual e arriscou um chute, mas Lloris defendeu com muita tranquilidade. Alguns minutos depois, Pogba cabeceou e Domínguez espalmou para a linha de fundo.

Perto do fim da primeira etapa, Arroyo buscou o jogo e arranjou um cruzamento na esquerda para Enner Valencia, autor de todos os gols do Equador nas rodadas anteriores, que cabeceou e obrigou o Lloris a fazer uma belíssima defesa. Três minutos depois, Benzema cortou o marcador e finalizou na direção do arqueiro equatoriano.

Equador perde Antonio Valencia e viu a França dominar a segunda etapa

No primeiro minuto da segunda etapa do jogo, Griezmann desviou o cruzamento de Sagna e a bola foi parar nas mãos do goleiro Domínguez, que espalmou a bola, chegando a tocar na trave. No primeiro contra ataque puxado por Enner Valencia na segunda etapa quase resultou em gol. O jogador do Pachuca, do México, tocou para Christian Noboa, que não dominou muito bem e acabou desperdiçando a chance de abrir o placar.

Com 10 minutos da segunda etapa, Benzema finalizou dentro da grande área equatoriana, que conseguiu afastar o chute do jogador. Porém, Pogba apareceu na sobra e mais uma vez a defesa equatoriana afastou a bola ao se jogar na direção da bola. Depois de um erro na saída de bola da seleção equatoriana, Benzema aproveitou para tabelar com Matuidi, que chutou na entrada da grande área e fez com que Domínguez realizasse uma bela defesa.

Aos 28 minutos do segundo tempo, Pogba ameaçou o gol equatoriano. Após Sissoko levantar a bola na área, Pogba tentou tirar do goleiro e acabou mandando pra fora da meta. Depois de tanto se defender, Arroyo chamou a responsabilidade e deu uma arrancada em direção ao gol, mas acabou finalizando pra fora.

Um minuto depois, aos 36 do segundo tempo, Ibarra aplicou um belo corte no Varane e chutou forte em direção ao gol, obrigando Lloris a fazer uma grande defesa. Depois dos Bleus quase sofrerem um gol, Benzema tabelou com Giroud e finalizou na direção de Domínguez, que fez uma bela defesa. Enner Valencia, autor de três gols nesta Copa do Mundo, deu uma arrancada na ponta esquerda, mas acabou errando o tempo da bola e foi desarmado.

Perto do fim do segundo tempo, Giroud finalizou forte dentro da grande área e fez com que Domínguez realizasse uma outra grande defesa. Após dois minutos, Pogba driblou Paredes e chutou na entrada da grande área. Porém, a bola saiu por pouco. Em seguida, Giroud recebeu livre e cabeceou na direção do arqueiro equatoriano. Nos minutos finais, Equador pressionou a França, mas a defesa francesa foi sólida e o ataque sul-americano não apresentou nenhum perigo.

(Foto: Divulgação/Fifa)
VAVEL Logo