Na estreia de Cerci, Milan é derrotado de virada pelo Sassuolo

Na estreia de Cerci, Milan é derrotado de virada pelo Sassuolo

Rossonero abre marcador logo no começo da partida, mas sofre virada com um gol em cada tempo

diego-cataldo
Diego Cataldo
MilanDiego Lopez; Rami (Abate), Alex, Zapata, De Sciglio; Poli, Essien (Cerci), Montolivo; Bonaventura, Menez, El Shaarawy (Pazzini)
SassuoloConsigli; Gazzola, Cannavaro, Acerbi, Peluso; Biondini, Magnanelli, Missiroli; Berardi (Brighi), Zaza (Floccari), Sansone (Floro Flores)
Placar9' Poli, 28' Sansone, 68' Zaza
ÁRBITROMarco Di Bello. Cartões amarelos: Alex, Menez e Poli (Milan). Cannavaro, Gazzola e Biondini (Sassuolo)
INCIDENCIASPartida válida pela 17° rodada da Serie A Tim 2014/2014, realizada no estádio San Siro, em Milão.

Recomeçando sua caminhada na Serie A 2014/2015, o Milan recebeu o Sassuolo no San Siro, visando se aproximar da zona de classificacação à Uefa Champions League 2015/2016. Na estreia de Alessio Cerci com a maglia rossonera, quem fez a festa foi o time visitante, que venceu por 2 a 1, de virada. Andrea Poli abriu o placar para o Diavolo, e Sansone e Zaza viraram para o Sassuolo.

O péssimo resultado freia qualquer possibilidade do Milan de terminar a rodada a dois pontos da Lazio, terceira colocada. O rossonero estaciona nos 25 pontos e na sétima posição. Já os Neroverdi, com o triunfo, pula uma posição, vai a 23 pontos e toma o décimo lugar da Udinese.

O próximo compromisso do Milan na Serie A é contra o Torino, em Turim, no próximo sábado (10), às 17h45m de Brasília. O Sassuolo joga em casa, no Stadio Città del Tricolore, no mesmo dia 10, contra a Udinese.

Milan sai em vantagem e cede empate

Buscando a zona da Champions League, o rossonero fez aquilo que se espera de um time grande atuando em casa: foi para cima do adversário. Apesar de não exercer uma pressão total, o time comandado por Pippo Inzaghi abriu o placar logo aos nove minutos com Poli. O camisa 16 dividiu com os zagueiros e bateu no canto do goleiro Consigli.

O revés temporário, porém, parece não ter afetado o Sassuolo. Após o gol, o time neroverdi se reorganizou e ameaçou por diversas vezes a meta de Diego López. Em uma dessas investidas ao ataque, Berardi enfiou linda bola para Sansone, que donimou no peito e bateu no canto do portiere rossonero.

O Milan sentiu o golpe e se desorganizou. O Sassuolo entrava como queria na área milanista, mas o placar não se movimentou mais nos primeiros 45 minutos de jogo.

Inzaghi promove a estreia de Cerci, mas quem brilha é Simone Zaza

A segunda etapa não foi muito diferente da primeira. O Milan lançou-se ao ataque, em busca do placar favorável, e acabou deixando espaços para os contra-ataques perigosos da squadra neroverdi.

O estreante Cerci foi para o campo aos 15 minutos de etapa complementar. E logo teve uma chance de desempatar o marcador em favor do Milan, porém o goleiro Consigli se lançou corajosamente em direção à bola, impossibilitando o arremate.

O golpe final do Sassuolo veio logo na jogada seguinte, com Zaza. Após cobrança de escanteio, o camisa 10 acertou um lindo chute perto da marca do pênalti, sem chances para Diego López, e instituiu a virada.

Um balde de água fria nas pretensões do Milan, que ainda tentou o abafa e viu Pazzini perder grande chance. No entanto, o placar não se moveu e os rubro-negros começaram o ano com derrota.

VAVEL Logo