Icardi polemiza ao dizer que não acompanha futebol: "Prefiro assistir filmes"
Icardi revela que não acompanha futebol em seu tempo livre (Foto: Divulgação/Internazionale)

Mauro Icardi, artilheiro da Internazionale na temporada da Serie A, com 13 gols - um a menos que Carlitos Tévez, artilheiro da Serie A - polemizou mais uma vez. O atacante de 21 anos, conhecido por sua fama de bad boy e pelo famoso triângulo amoroso entre ele, o jogador Maxi López e Wanda Nara, somou mais uma controvérsia à sua polêmica lista. 

Entrevistado da última edição do SportWeek, o jogador confessou que não assiste futebol e tampouco sabe sobre o que acontece no campeonato italiano. “Eu não acompanho futebol. Eu gosto de jogar e me divirto, mas para mim é só um esporte. Nunca assisto e não sei de nada que acontece no esporte. Não sigo outros resultados da Serie A e nem sem quem chegou à semifinal da Coppa Italia. Quem é o goleiro do Chelsea? Isso eu sei, também não sou estúpido”, disse Icardi, apesar de não falar o nome do goleiro perguntado.

Além disso, o jogador comentou que em seu tempo livre prefere assistir filmes e sempre foi assim. “Sempre fui assim, desde criança. Nas categorias de base do Barcelona, morava ao lado do Camp Nou, mas passava o dia assistindo filmes. Tem muitos jogadores que não poderiam se importar menos com futebol”, continuou.

Apesar da pouca idade, Icardi assegura ser maduro e experiente e deve essa atribuição à sua criação. “Wanda (esposa) diz que sou um homem de 40 anos em um corpo de 20, e ela está certa. Eu sempre fui muito maduro para minha idade e devo isso à minha mãe. Ela me ensinou que a vida não é como a Disneylândia”, contou o atacante.

Perguntado sobre a declaração de Maradona e sobre sua relação com Maxi López, Mauro Icardi foi enfático. “Maradona disse que eu não devia participar do jogo da paz, eu apenas ri e participei mesmo assim. Mas não tenho mágoas. Maxi López? Liga todos os dias, mas lemos seu nome no telefone e passamos direto para as crianças”, disse.

Ao fim da entrevista, o camisa 9 da equipe nerazzurra, desabafou e contou que prefere não dar ouvidos à ninguém e que se sente melhor assim. “Não sei porque seguem me colocando entre os ‘bad boys’ do futebol. Eu também não me importo. Os infelizes são aqueles que ouvem os outros. Nunca escutei ninguém e sou muito feliz”, finalizou o jogador.

VAVEL Logo