Fiorentina tenta missão impossível diante do Sevilla para conseguir classificação à final da UEL

Fiorentina e Sevilla irão se enfrentar nesta quinta-feira (14) no Estádio Artemio Franchi em partida válida pelas semifinais da Uefa Europa League, partida de volta. A equipe da casa precisa de uma missão quase que impossível para se classificar para a final, já que foi derrotada no jogo de ida por 3 a 0. Já o Sevilla apesar da grande vantagem sabe que deve tomar cuidado para não correr riscos desnecessários após abrir boa vantagem na partida de ida. Para a partida, a Fiorentina não poderá novamente contar com Rossi e Babacar que estão lesionados. Já o Sevilla não deve contar com Pareja

Fiorentina precisa de missão impossível para ir à final

A Fiorentina precisa de uma missão que para muitos é impossível para conseguir a classificação para a grande final da Uefa Europa League. Após a derrota por 3 a 0 na partida de ida, os italianos precisam se preocupar além do ataque com sua defesa já que nos últimos cinco jogos a equipe sofreu nada mais nada menos que 12 gols. Números que assustam até mesmo o mais confiante dos torcedores, já que o fato de sofrer um gol na partida seria praticamente selar a eliminação da competição. Para piorar a situação da Fiorentina, o Sevilla só perdeu uma partida das últimas 18 que foram disputadas pela equipe, sendo para o Real Madrid pela Liga BBVA. Já a Fiorentina nos últimos dez jogos foram seis derrotas, três vitórias e um empate.

Contra os espanhóis, os números também não são agradáveis para a equipe italiana já que foram apenas dois vitórias, quatro empates e sete derrotas, além do mais, apenas uma vez na história da Uefa Europa League um clube pôde reverter uma vantagem de 3 a 0 no primeiro jogo. Porém, algo para animar os torcedores pode ser a última vitória da equipe sobre o Empoli fora de casa que deu novo ânimo para a equipe tentar a virada que seria histórica para o clube já que seus torcedores sabem que não será vida fácil.

Antes da partida, o técnico da Fiorentina, Vincenzo Montella concedeu entrevista e demonstrou confiança para a classificação afirmando que a equipe não está morta

"Nós não estamos mortos. Esse é o espirito que temos que carregar conosco nos próximos dias, não podemos achar que estamos derrotados, e não estamos de fato. Estou ansioso para a partida e acredito que temos sim uma boa chance de reverter o resultado"

Montella também afirmou que o Sevilla não é uma equipe invencível e que tem seus defeitos e é explorando eles que irá procurar a vitória

"Eles possuem grandes jogadores, mas também possuem fraquezas, assim como todas as equipes e já identificamos elas. Esperamos que seja um jogo fantástico, a atmosfera do estádio será maravilhosa, tenho certeza que meus jogadores não irão parar de lutar até o último minuto pois não estarão intimidados e sim motivados com a chance dessa classificação que seria histórica"

Sevilla quer evitar sufoco como na temporada passada

O Sevilla sabe que está com um passo de poder disputar a grande final. Além da grande vitória na primeira partida da eliminatória, a equipe vive grande fase, nos 18 jogos anteriores o clube foi derrotado apenas uma vez. E está invicto nos últimos nove jogos fora de casa. Além do mais, a equipe agora quer mais do que nunca defender o título da Uefa Europa League, já que após o último tropeço da equipe na Liga BBVA, no empate em 1 a 1 com o Celta Vigo, a equipe viu a chance de classificar para a Champions League pelo campeonato espanhol já que agora o Valencia precisa apenas de uma vitória nos dois últimos jogos para garantir o quarto lugar do qual estava batalhando partida a partida com o Sevilla. Logo, se a equipe vencer a Europa League conseguirá a classificação para a Champions e a espanha poderá ter cinco representantes na maior competição da europa.

A missão do Sevilla para chegar a final não parece das mais dificeis, afinal, após uma grande vitória na partida de ida a equipe já é tida por muitos como finalista da competição, porém, a equipe quer evitar passar sufoco desnecessário da mesma forma que foi na temporada passada quando a equipe havia vencido o Valencia na partida de ida por 2 a 0 e na volta estava levando o 3 a 0 até o último minuto do jogo quando M'bia fez o gol que classificou a equipe para a final e consequentemente levou a equipe a final contra o Benfica onde se consagraram campeões.

Antes da partida, alguns jogadores concederam entrevista para falar da partida e Iborra relembrou o fato da temporada passada quando a equipe por muito pouco não deixou a classificação para a final escapar

"Não podemos fazer como fizemos no ano passado contra o Valencia, temos que aprender com nossos erros, por muito pouco não jogamos a classificação fora. Até porque, após nosso último jogo na Liga BBVA, a Europa League virou nossa maior chance de classificar-se para a Champions League da próxima temporada"

Quem também falou sobre o jogo foi o técnico Unai Emery, o treinador pregou muito respeito a equipe adversária e afirmou que sua equipe ficará atenta durante os 90 minutos da partida

"Vamos respeitar o fato de que essa eliminatória ainda não está decidida e temos 90 minutos muito dificeis nos quais iremos batalhar até o fim para conseguirmos a classificação. Se falharmos quanto a isso podemos facilmente deixar a classificação escapar. Nossa intenção é fazer um grande jogo na Italia, jogar de forma superior ao adversário e sairmos vitoriosos"

VAVEL Logo