1-0, min. 50, Zaza. 1-1, min. 90+, Blanchard
Com goleiro Neto titular, Juventus sofre gol nos acréscimo e cede empate ao Frosinone
Foto: Divulgação/Juventus

Com goleiro Neto titular, Juventus sofre gol nos acréscimo e cede empate ao Frosinone

Equipe de Turim saiu na frente, mas perdeu um caminhão de gols e levou o castigo aos 92 minutos

paulopianetti
Paulo Pianetti
JuventusNeto, Lichtsteiner (Chiellini, min 45), Barzagli, Bonucci, Alex Sandro, Sturaro (Dybala, min 45), Lemina, Pogba, Cuadrado, Zaza (Hernanes, 75 min), Pereyra.
FrosinoneLEALI; M. CIOFANI (83' ROSI), DIAKITÉ, BLANCHARD, CRIVELLO; FRARA, GORI, CHIBSAH (71' TONEV), SODDIMO; D. CIOFANI, CASTILLO (84' DIONISI)

A tetra campeã italiana Juventus decepcionou mais uma vez. Mesmo diante do pequeno Frosinone, a partida desta quarta-feira (23), no Juventus Stadium, em Turim, válida pela quinta rodada da Serie A, terminou empatada em 1 a 1. Simone Zaza e Blanchard marcaram para a Juventus e Frosione, respectivamente. O goleiro brasileiro Neto, ex-Fiornetina, foi titular, mas não conseguiu evitar o gol nos acréscimos do segundo tempo.

Com o pessimo resultado, a Juve chegou a cinco pontos em 15 disputados, estacionando na 13ª colocação. Já o Frosinone conseguiu seu primeiro ponto na Serie A, mas continua na lanterna da competição com quatro derrotas e um empate.

No sábado (26), a Vecchia Signora vai ao sul da Itália enfrentar o Napoli, enquanto o Frosinone, embalado pelo grande resultado, rebece o Empoli, na segunda-feira (28).

Primeiro tempo morno em Turim

O primeiro tempo foi de dar sono. Mesmo com bola na trave, os dois times deixaram a desejar na primeira etapa. Naturalmente, a Juventus tomou a iniciativa da partida, tentando chegar ao gol adversario com a velocidade e Cuadrado e Pereyra, porém esbarrava na forte marcação do Frosinone e na pouca inspiração de Pogba.

Os destaques da primeira etapa foram as bolas na trave, primeiro com Castillo, aos 26 minutos – que também reclamou de penalti após o desvio com a mão de Brazagli no chute de Frara – e aos 40 minutos, uma linda jogada da Juve que terminou com uma cabeçada de Pogba na trave. Outro lance que chamou antenção foi o bom cruzamento de Pereyra para Zaza, que emendou com uma linda meia bicileta, tirando tinta da trave esquerda de Leali. 

Chuva de gols perdidos e o castigo no final

Com o 0 a 0 no placar, a Juve voltou mudada para a segunda etapa. As entradas de Dybala e Chiellini nos lugares de Sturaro e Lichtsteiner deram uma força ofensiva maior para a equipe, que logo aos 5 min fez seu gol com Simone Zaza, após seu chute desviar no zagueiro Blanchard e enganar o goleiro Leali.

Após o gol, a Juventus alugou o campo de ataque e forçou o goleiro do Frosinone a aparecer no jogo. De longe eram os melhores minutos da campeã italiana, que fez seu torcedor acreditar na volta do bom futebol.

E foi assim o segundo tempo inteiro. O frosinone sofria para segurar as investidas de Pereyra e Dybala, deixando espaços no meio para as infiltrações e os bons passes de Pogba. A entrada de Hernanes no lugar de Zaza, que havia feito uma boa partida, não alterou o ritmo forte da equipe, que desperdiçou inúmeras chances de gol. No entando, existe um ditado no futebol que diz: "Quem não faz, leva". E foi justamente isso que aconteceu.

Já nos acrescimos do jogo, o Frosinone conseguiu chegar pela primeira vez. Após bom escanteio, Blanchard (o mesmo que havia desviado o chute de Zaza) testou para o fundo das redes, deixando o goleiro Neto sem reação e dando números finais à partida.

VAVEL Logo