Dupla de ataque resolve em vitória contra Sampdoria e mantém Fiorentina na liderança

Jogando fora de casa, a Fiorentina demonstrou força e tirou a invencibilidade Sampdoria no Luigi Ferraris. Com gols de Ilicic e Kalinic, a Viola venceu por 2 a 0 - a terceira vitória seguida na Serie A -, chegou a 27 pontos e se manteve na 1ª posição, com a mesma pontuação da Inter. A Samp permanece em 10º, com 16.

Na próxima rodada, após a parada para a data Fifa, as equipes voltam a campo no dia 22 de novembro. A Sampdoria visita a Udinese, às 9h30, e a Fiorentina joga o derby da Toscana contra o Empoli em casa, às 12h. Jogos no horário de Brasília.

Início movimentado resulta em vantagem viola

O início de partida foi movimentado em Gênova e, com as equipes abertas, ambas tiveram espaços para atacar pelos lados. Apesar disso, a primeira chance mais aguda foi aos 10. Bernardeschi fazia jogada pela direita dentro da área, mas, quando tentou o drible, foi impedido por Zukanovic, que desviou com a mão e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Ilicic mandou no canto direito e não deu chances para Viviano.

Poucos instantes depois, Fernando bateu falta pela esquerda e tentou surpreender o goleiro, mas Tatarusanu conseguiu fazer uma defesa importante para evitar o empate. E quatro minutos depois, a Fiorentina perdeu uma oportunidade clara de ampliar o marcador. Kalinic recebeu passe de Badelj e saiu na cara de Viviano, livre, mas bateu à esquerda do gol.

Depois desse começo aberto, a Fiorentina tentou manter a posse de bola, como é habitual, mas teve dificuldades e, apesar da Sampdoria equilibrar nesse quesito, criou pouco. Com 56% de posse de bola, a Viola finalizou nove vezes, contra apenas duas da Samp. Aos

41, Pedro Pereira percebeu o espaço, avançou pelo meio e chutou rasteiro de pé direito, para defesa sem muitas dificuldades de Tatarusanu. A resposta viola veio aos 43, com chute perigoso de Valero pela direita. Logo na sequência, Bernardeschi avançou pela direita, deixou Pereira no chão e bateu forte de pé esquerdo, mas Viviano evitou o segundo gol do jogo e manteve o 1 a 0 no placar antes do intervalo.

Fiorentina domina e garante triunfo

No intervalo, o técnico Walter Zenga mexeu na lateral-esquerda, trocando o jovem Pedro Pereira por Mesbah, titular na rodada anterior, depois do português sofrer na marcação na primeira etapa. Apesar da mudança na Samp, a Fiorentina começou o segunda etapa atrás de mais um gol, e pressionou o time da casa.

Aos 3, Vecino recebeu de Ilicic na entrada da área e bateu de pé direito. A bola desviou em Zukanovic e Viviano teve que se esticar para evitar o gol do uruguaio. Nove minutos depois, após jogada de Vecino pelo meio, Kalinic carregou a bola na entrada da área e Bernardeschi chutou forte de pé esquerdo, mas outra vez o goleiro ex-Viola defendeu. No lance seguinte, não teve jeito. Ilicic e Kalinic tabelaram pela esquerda e o esloveno cruzou rasteiro para o croata que, de frene para o gol, bateu rasteiro para vencer o goleiro da Samp e ampliar a vantagem para a Fiorentina.

A partir daí, a Viola exerceu seu domínio de posse de bola, com muitas trocas de passes e posses de bola contínuas e, apesar das mudanças de Zenga, o time mandante levou pouco perigo. A Sampdoria só foi assustar aos 33, quando Roncaglia cobrou falta no campo de defesa tentando recuar, mas Éder se antecipou e ficou de frente para o gol, mas Tatarusanu fez uma defesa sensacional para evitar o gol.

Sem forçar muito no ataque, mas controlando muito bem o jogo, a Fiorentina carregou o jogo com tranquilidade até o final. Finalizou 20 vezes, contra apenas três da Samp e teve 57% de posse de bola. Já aos 45, Mario Suárez fez grande jogada pelo meio, driblou dois e bateu da entrada da área de pé esquerdo, obrigando Viviano a se jogar no canto para evitar o terceiro gol, mas não a derrota da Sampdoria em casa.

VAVEL Logo