Unai Emery comenta polêmica entre Neymar e Cavani: "Não quero que seja um problema"
Foto: C. Gavelle/PSG

Após a vitória por 2 a 0 diante do Lyon, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Francês, o técnico Unai Emery comentou a discussão entre Neymar e Cavani sobre quem bateria o pênalti. No lance, o uruguaio se encarregou da cobrança e desperdiçou.

Apesar deste ter sido o primeiro desentendimento claro entre os dois jogadores, na goleada contra o Toulouse após sofrer o pênalti, Neymar se ensaiou para a cobrança, no entanto Cavani pegou a bola e marcou o gol. Na ocasião, Neymar não havia se mostrando descontente quanto a isso, como mostrou no jogo de hoje.

Segundo Unai Emery, não existe cobrador oficial no clube, e sempre deixou claro para que os jogadores se entendessem e decidissem quem iria cobrar a bola parada. Porém, após o jogo de hoje ele deu um alerta de que se começarem a ter problemas internos ele mesmo irá decidir o batedor.

"Os pênaltis podem ser batidos por alguns jogadores, um é Cavani e outro é Neymar. É preciso um acordo de cavalheiros dentro de campo para decidir quem irá bater o pênalti. Depois, organizaremos internamente as penalidades que virão, porque eu acho que ambos são capazes de batê-las, e eu quero que os dois se alternem nesse exercício. Se não houver um acordo, eu vou decidir. Eu não quero que seja um problema para nós", disse o técnico espanhol.

Na tabela de classificação, o PSG lidera o Campeonato Francês com 18 pontos, seis vitórias em seis rodadas. O Monaco é o vice com 15 pontos. O próximo compromisso do PSG será sábado (23), contra o Montpellier, fora de casa.

VAVEL Logo