Di Francesco lamenta empate da Roma contra Chelsea mas comemora atuação da equipe

Depois do empate nessa quarta-feira (18) da sua Roma contra o Chelsea em Londres por 3 a 3, pela terceira rodada do Grupo C da Champions League, Eusebio di Francesco afirmou em entrevista que estava com uma mistura de sentimentos: satisfação pela ótima atuação de sua equipe e ao mesmo tempo, desilusão pela vitória que escapou no final: 

"Estamos desiludidos pela vitória que não veio, depois de uma atuação tão boa como essa. Mas se continuamos a jogar assim, poderemos conseguir grandes resultados na temporada. Erramos alguns conceitos estruturais e de escolha na primeira etapa, principalmente nos dois primeiros gols sofridos, mas depois criamos bastante com muita qualidade e cerca de 70% de posse de bola. Mesmo quando perdíamos, o time estava fazendo aquilo que eu pedi e infelizmente não conseguimos o triunfo.", ressaltou o treinador italiano de 48 anos. 

Di Francesco falou também dos goleadores da Roma nessa partida e que também foram os maiores destaques do time, lembrando a qualidade do faro de gol do centroavante bósnio e também a profissionalismo de Kolarov, que chegou ao clube na última janela de transferências.

"Ele [Dzeko] nasceu para fazer gols assim. O primeiro gol é algo inacreditável e ele também recebeu críticas injustas há pouco tempo. Além dos gols, foi muito importante para o time jogando centralmente como lhe pedi. Kolarov? A ideia da sua contratação partiu de todos, assim como todas as coisas ruins ou boas que fazemos. Escolhemos além do jogador um excelente profissional que treina e prepara as partidas que deveria servir de lição aos mais jovens.", disse. 

A Roma ocupa agora a segunda colocação do Grupo C com cinco pontos ganhos em três partidas e enfrenta novamente os ingleses, mas dessa vez na Itália, daqui há duas semanas. Enquanto isso, a equipe se prepara para encarar o Torino, fora de casa, pela nona rodada da Serie A

VAVEL Logo