Com larga vantagem, RB Leipzig recebe Napoli por vaga nas oitavas da Europa League

Equipe alemã venceu primeira partida por 3 a 1 e saiu em vantagem no segundo torneio mais importante da Europa

Com larga vantagem, RB Leipzig recebe Napoli por vaga nas oitavas da Europa League
Foto: NurPhoto/Getty Images
RB Leipzig
Napoli
RB Leipzig: Gulácsi; Laimer, Upamecano, Ilsanker, Klostermann; Demme, Kampl; Sabitzer, Forsberg, Bruma; Werner. Técnico: Ralph Hassenhütl
Napoli: Reina; Maggio, Tonelli, Koulibaly, Hysaj; Rog, Diawara, Hamsik; Ounas, Zielinski (Mertens), Callejón (Insigne). Técnico: Maurizio Sarri

Um dos confrontos mais esperados da fase de 32-avos de final da Uefa Europa League terá sua definição nesta quinta-feira (22). Na Red Bull Arena, o RB Leipzig vai, com uma certa vantagem, enfrentar o Napoli, uma das equipes sensações na temporada do continente, buscando uma vaga entre as 16 melhores equipes do segundo torneio mais importante da Europa.

Na primeira partida, a equipe alemã aproveitou, apesar de estar jogando em território adversário, os inúmeros contra-ataques e, com boas atuações de Werner, Bruma e Forsberg, derrotou o Napoli por 3 a 1. Dessa maneira, o RB Leipzig pode perder por até 2 a 0 que mesmo assim se classifica, por conta da regra do gol qualificado fora de casa. Ou seja, a equipe de Ralph Hassenhütl possui uma larga vantagem.

As duas equipes vem de resultados distintos em seus respectivos campeonatos nacionais. Lutando e mantendo a liderança, o Napoli derrotou a SPAL por 1 a 0 e manteve a diferença de um ponto no topo do Campeonato Italiano. O Leipzig, por sua vez, saiu derrotado em um confronto direto por vaga na próxima Uefa Champions League ao perder para o Eintracht Frankfurt por 2 a 1, caindo para a quinta posição da Bundesliga.

Europa League é grande oportunidade dos alemães

Como a concorrência na Bundesliga é grande, com Schalke 04, Borussia Dortmund, Eintracht Frankfurt e Bayer Leverkusen em constante evolução, a Europa League pode se tornar o foco do Leipzig. Com possibilidade zero de título, o foco dos touros é apenas em se garantir na próxima Uefa Champions League, feito que o campeão da UEL também garante. Dessa maneira, a tendência é que o treinador Ralph Hassenhütl utilize força máxima na competição.

Para essa partida, o técnico não contará com o lateral-esquerdo Marcel Halstenberg, um dos destaques da equipe na temporada, que se machucou e ficará fora de combate até a Copa do Mundo. Além dele, outros jogadores importantes, como o volante Naby Keita e o zagueiro Willi Orban, também estão fora da partida por problemas envolvendo lesões. Em contrapartida, o Leipzig tem sua esperança no rápido sistema ofensivo, formado por Emil Forsberg, Bruma e Timo Werner.

“Napoli viajou com força total e eles devem se empenhar muito para conseguir um resultado positivo nesta quinta. Eu estou esperando uma partida muito dura. Napoli vai dar tudo o que tem para tentar tirar essa desvantagem, e, por isso, não podemos tirar os pés do acelerador. Depois da vitória por 3 a 1, nos colocamos em uma boa posição para a classificação, mas sabemos o quão perigosa a equipe italiana pode ser, especialmente com o retorno de Dries Mertens”, disse Ralph Hassenhütl.

Europa League: segundo plano para Sarri?

Apesar das inúmeras atuações exuberantes na temporada, a equipe do Napoli não é marcada por ter um elenco numeroso. Dessa maneira, o treinador Maurizio Sarri está diante de um dilema: tentar a classificação na Europa League ou focar no Campeonato Italiano? Na Serie A do Calcio, os Azzurri tem uma possibilidade real de se consagrarem campeões nacionais, fato que não ocorre desde 1990.  

Dessa maneira, o esperado é que Sarri entre com uma equipe repleta de jogadores reservas, já que o foco total, até aqui, parece realmente ser o Campeonato Italiano. Para essa partida, ele não contará com o atacante Arkadiusz Milik e o lateral-esquerdo Faouzi Ghoulam, que se recuperam de lesões no tornozelo, e o zagueiro Vlad Chiriches. Alguns jogadores jovens, mas suplentes, que possuem muito potencial podem fazer parte do onze inicial, como Adam Ounas, que marcou o gol na partida de ida, e Marco Rog.

“Fizemos muitas coisas erradas na semana passada e tudo é praticamente minha culpa. Agora, temos que jogar com determinação para tentar essa classificação. Vamos tentar nos colocar de volta nesse confronto. O Leipzig é obviamente favorito após o resultado no compromisso da ida, mas temos que esquecer do que aconteceu naquela partida e focar em jogar o nosso jogo e dar o nosso melhor”, disse Maurizio Sarri.