Las Vegas United obtém vitória na justiça brasileira e disputará segunda divisão nos EUA
(Foto: Divulgação/Las Vegas United)

O Las Vegas United FC está cheio de motivos para comemorar. Depois de informar que voltará a disputar a United Premier Soccer League (UPSL) nesta temporada, o clube anunciou que venceu uma ação na justiça contra o canal 'SporTV' e também atletas que faziam parte de seu elenco.

A história é antiga. Em junho do ano passado, o veículo esportivo divulgou uma matéria em que alguns jogadores, então no Las Vegas, alegavam que Marcio Granada, presidente do clube, teria os iludido e abandonado. Desde então, Granada iniciou sua caminhada para provar que não havia feito nada de errado. O caso terminou melhor para o empresário brasileiro, que garante que a matéria será retirada do ar e haverá uma retratação.

"Ali foi interesse de uma pessoa só, ficou comprovado que teve manipulação. Eu descobri que dois jogadores receberam um valor de um clube rival para denegrir nossa imagem. Mas a justiça foi feita e a maior resposta é o retorno do Las Vegas United para a UPSL", comemorou Granada.

O mandatário destacou que recebeu apoio da liga norte-americana e que a melhor maneira de colocar um ponto final nesta história é trabalhando. "Sou um cara conhecido no mundo da bola, tenho uma grande reputação e infelizmente às vezes tentam se aproveitar disso. Mas seguimos nosso trabalho de maneira forte, com grandes planos para o time", destacou.

Focado em fazer uma grande competição, terminar como campeão e se classificar para a disputa da US Open Cup, Granada está atento ao mercado de atletas e quer, em breve, anunciar a chegada de um pentacampeão pela Seleção Brasileira em 2002.

VAVEL Logo