Junior Barranquilla busca segurar Santa Fe para avançar à Sul-Americana
Equipe de Barranquilla construi vantagem jogo de ida (Foto: Didier Cano/ Junior Barranquilla)

Junior Barranquilla busca segurar Santa Fe para avançar à Sul-Americana

No confronto de ida, o Junior venceu por 2 a 0

zeca5
Zeca Lemos

No confronto colombiano nas semifinais da Copa Sul-Americana, o Junior Barranquilla busca conter o Independiente Santa Fe nesta quinta-feira, às 22h45 (de Brasília), no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla, para se garantir na grande final da competição. No jogo de ida, mesmo atuando longe de casa, o Junior conseguiu um excelente resultado, ganhando por 2 a 0 e construindo boa vantagem.

Com o resultado da ida, o Junior pode perder por um gol de diferença que mesmo assim vai garantir a classificação. Já para o Santa Fe, campeão na edição de 2015, resta devolver o 2 a 0 e forçar a disputa de pênaltis, ou ganhar por dois ou mais gols de vantagem a partir de 3 a 1, já que os tentos anotados como visitante valem para critério de desempate. A equipe vencedora enfrentará o Atlético-PR na final do campeonato.

“Montamos uma equipe em condições de ir a campo e buscar a classificação mesmo fora de casa. Desde a derrota na ida que estamos trabalhando focados neste confronto e confio que meu grupo pode dar o troco”, afirmou o uruguaio Guillermo Sanguinetti, treinador do Santa Fe, que já confirmou que seu contrato foi renovado para a próxima temporada independentemente do que acontecer nesta partida.

Pelo lado do Junior, existe o sentimento de que é preciso atuar como se a semifinal começasse nessa partida.

“Se nós formos a campo com o pensamento de segurarmos a vantagem, acreditando que estamos ganhando por dois a zero, vamos acabar jogando fora a bela vantagem que conquistamos longe de casa. E Em noventa minutos muitas coisas podem acontecer e muitos perigoso são oferecidos, ainda mais quando temos pela frente uma equipe copeira como é o Independiente Santa Fe. Todo cuidado será pouco”, analisou Julio Comesaña, treinador do Junior.

Em termos de escalação, os times só serão revelados momentos antes do confronto. O Junior segue sem poder contar com os zagueiros Willer Ditta e Leonardo Pico. Com isso, o time manterá a base que saiu vitoriosa na primeira partida. Já o Santa Fe não poderá escalar o zagueiro Javier López, que foi expulso no confronto de ida. Assim, Héctor Urrego assume a vaga.

VAVEL Logo