Após ato de
xenofobia contra japoneses, Leipzig se retrata e pede desculpas 
Foto: Reprodução/Leipzig (Facebook) 

Depois do ocorrido que aconteceu pelo confronto do campeonato nacional, no estádio da RB Arena, o Leipzig, ainda no mesmo dia, se desculpou através de seu site oficial. Segundo a Agência de Notícias DPA, os fiscais do clube alemão retiraram cerca de 20 japoneses que estavam no estádio em razão de uma prevenção ao coronavírus.

Segundo a equipe, o serviço de segurança foi orientado a realizar uma verificação às áreas de risco em potencial junto às pessoas que habitavam ali, surgindo, então, a ação por parte dos fiscais.

“Gostaríamos de reparar o que aconteceu e já estamos tentando entrar em contato com as pessoas envolvidas e convidá-las para o próximo jogo em casa. Continuaremos a coordenar intensivamente e diariamente as autoridades para lidar com os problemas que envolvem o vírus corona e tentaremos encontrar a melhor solução possível para todos os hóspedes. ”, retratou a equipe.

Frisando as 14 nacionalidades reunidas no elenco, a defesa à tolerância e o desprezo ao “racismo e qualquer tipo de exclusão, o Leipzig trouxa à sua versão sobre o fato:

“Infelizmente, no caso específico, por decorrência da grande incerteza que, atualmente, também existe conosco sobre o assunto, um erro foi cometido na interpretação dos nossos hóspedes japoneses. ”

VAVEL Logo