Brasileiro dá boas vindas ao Vagner Love no Cazaquistão: "Kairat é de primeiro mundo"
Foto: Divulgação

Há algumas semanas foi noticiado o acerto do centroavante Vagner Love com o Kairat, do Cazaquistão. Sem espaço no Corinthians e depois de uma mal sucedida com sua ex-equipe, o CSKA Moscou, o ex-atacante da Seleção Brasileira será muito bem recebido no clube cazaque, segundo o fisioterapeuta Diogo Leite, de 33 anos, que trabalha na nova equipe de Love.

Com pretensões cada vez maiores dentro do seu país, e um projeto de internacionalização, com classificações para ligas europeias, o Kairat tem apostado nos últimos anos, em grandes contratações. Aposentado em 2018, a mais recente aposta do clube foi o russo ex-Arsenal, Andrey Arshavin, que defendeu a equipe há algumas temporadas. Grande nome para o presente, Vagner Love, de 36 anos, chega para liderar o elenco do jovem treinador Aleksey Shpilevski, de 32 anos.

Diogo e Arshavin celebrando o título cazaque (Foto: Divulgação)
Diogo e Arshavin celebrando o título cazaque (Foto: Divulgação)

Para o fisioterapeuta Diogo Leite, que trabalha há anos no clube, Love pode esperar de Kairat uma estrutura moderna, uma equipe de ambição relevante e investimento para a visibilidade da liga cazaque, que segundo ele, está em ascensão nestes últimos anos.

“O futebol cazaque tem crescido, tanto em qualidade quanto em visibilidade. Isso se dá graças aos esforços de dirigentes para trazer jogadores de qualidade, muitos deles estrangeiros. O Vagner é um ótimo exemplo. Certamente, contribuirá muito tecnicamente e em termo de imagem para toda a liga”, analisa.

Modernidade

Diogo ressalta que diferentemente do cenário no futebol brasileiro, o Kairat é um clube que não tem dificuldades financeiras e a infraestrutura é de primeiro mundo.  “Desde que estou aqui nunca atrasaram salários, são muito sérios e tratam tudo com muito profissionalismo”, enfatiza.

 “O Kairat é muito bem organizado e tem uma ótima estrutura, capaz de dar inveja a grandes clubes do Brasil ou mesmo da Europa. O presidente/dono faz questão de investir em equipamentos de alta tecnologia como criosaunas, esteiras antigravidade e aparelho isocinético, por exemplo, que não são facilmente encontrados. É tudo de primeiro mundo”, diz.

Já habituado ao Kairat, o fisioterapeuta ressalta a qualidade de vida em Almaty, local onde o clube está sediado. “Viver em Almaty é muito bom. É seguro, confortável e bastante internacionalizada. Aqui, encontramos de tudo para comer ou se divertir. Gosto tanto, que tive minha primeira filha aqui. Acho que é a primeira carioca-cazaque da história”, ressalta com leveza Diogo.

Pretensões

Com o campeão da liga cazaque classificado à Uefa Champions League e seu vice, à Europa League, a ambição do clube é se consolidar no topo do futebol nacional para seguir disputando torneios internacionais. 

Love chega ao clube que só jogou por duas vezes na atual temporada. Com uma vitória e três pontos na tabela, é o sétimo colocado. Principal destaque individual até então é o atacante Abat Ambyetov, de 24 anos, que tem três gols marcados na liga.

VAVEL Logo