Ídolo da Juventus, Buffon lamenta eliminação na Champions: "Muita amargura"
Foto: Divulgação / Juventus FC

Em partida válida pelas oitavas de final da Champions League, a Juventus recebeu o Lyon nessa sexta (7), em Turim, com a missão de reverter o 1 a 0 sofrido no jogo de ida, disputado na França. Com dois gols de Cristiano Ronaldo, a Velha Senhora venceu por 2 a 1, mas foi eliminada pelo critério de gol fora de casa. De pênalti, Memphis Depay abriu o placar para os franceses.

Após a partida, em entrevista, o técnico Maurizio Sarri se disse satisfeito com a atuação da equipe, porém desapontado pela eliminação. A última vez que a Juventus deixou a competição nas oitavas de final foi na temporada 2015/16.

"Esta noite fizemos um grande jogo, o pênalti podia nos ter feito perder a cabeça, mas empatamos, assumimos a vantagem e no 2 a 1 criamos três ou quatro oportunidades. Se não estivesse moralmente arrasado com a eliminação, ficaria feliz com a atuação desta noite, pois trouxemos muita energia e a equipe respondeu com caráter e mostrou que se regenerou nos últimos dias. Na semana passada, o Lyon, em 120 minutos frente ao PSG, não teve tantos problemas como esta noite. Com tudo o que aconteceu, não foi fácil chegar ao topo neste momento, mas penso que a equipa respondeu bem esta noite de qualquer forma".

Foto: Divulgação / Juventus FC
Foto: Divulgação / Juventus FC

Capitão da Juventus, Leonardo Bonucci ressaltou a conquista do título nacional e a garra na partida, mas que nem sempre as coisas saem como esperado.

"Tem a decepção, esperávamos um jogo como este, sofremos um gol de pênalti, depois viramos e criamos muito, mas o futebol é assim e às vezes não colhemos o que plantamos. Esta noite demos tudo, tínhamos de fazer melhor em Lyon no primeiro jogo. Hoje mostramos que as condições estavam lá, criando cinco chances claras, mas devemos parabenizá-los ( o Lyon) pela classificação. Foi uma temporada incomum. O principal objetivo era ganhar o campeonato nacional e acertamos, então sabíamos que na Champions League, com esta fórmula, tudo podia acontecer e que teríamos de fazer todo o possível para nos classificarmos para Lisboa. Demos o nosso melhor, mas não o conseguimos"

Ídolo dos bianconeri, Gianluigi Buffon, também falou sobre a eliminação. Com 42 anos, o goleiro destacou a boa partida da Juventus e culpa a má atuação da equipe no primeiro jogo como um dos fatores que os levaram a deixar a competição.

"Preparamos o jogo de forma a não sofrermos nenhum gol, mas aos 12 minutos o programa foi cancelado e as coisas dificultaram. Fomos bem em não ir para o ataque de forma imprudente, continuando a criar oportunidades e com 2 a 1 acreditamos nisso. Não chegamos onde pensávamos e queríamos. Há muita amargura em cada um de nós, porque cada vez que você joga a Champions League você o faz para atingir um objetivo que sempre nos escapou nos últimos anos, mas depois se choca com adversários de imenso valor. Mas acho que a falta de qualificação de hoje foi condicionada pelo péssimo jogo de ida, não esta noite. Ganhar o título nacional nove vezes consecutivas é extraordinário e merece destaque, mas não foi o nosso único objetivo", destacou o goleiro italiano.

A Juventus se despede da Champions com seis vitórias, um empate e uma derrota. Na próxima temporada, a Velha Senhora tentará, novamente, levantar o troféu da competição.

VAVEL Logo