Com show de Çalhanoglu, Milan vence Bodø/Glimt e avança na Europa League
Foto: Divulgação / AC Milan

Nesta sexta-feira (24), Milan e FK Bodø/Glimt se enfrentaram em jogo único pela terceira rodada pré-eliminatória da Europa League, no San Siro. Com dois gols de Hakan Çalhanoglu e um de Lorenzo Colombo, a equipe italiana venceu o jogo por 3 a 2 e se classificou para a próxima fase. Junker e Hauge descontaram para os noruegueses.

O Milan não contava com o artilheiro sueco Zlatan Ibrahimovic, que testou positivo para coronavírus horas antes do confronto. O Bodø/Glimt, por sua vez, vinha em ótima fase, com 18 jogos de invencibilidade. Além disso, o time lidera com folga o campeonato norueguês, com 16 pontos de vantagem para o vice-líder.

Primeira etapa

O primeiro tempo começou animado para as duas equipes. Mesmo com grande favoritismo do Milan, o Bodø/Glimt jogou de igual para igual e pressionou até mais nos dez minutos iniciais. Aos sete, um chute perigoso de Zinckernagel assustou Donnaruma, que foi obrigado a fazer boa defesa.

A pressão inicial do time norueguês funcionou e, aos 16 minutos, Hauge iniciou uma jogada pela ponta esquerda, passou por Kessie e serviu o centroavante Kasper Junker, que empurrou para o gol e colocou o Bodø/Glimt na frente do placar. O Milan, porém, não deixou o clube norueguês tomar conta do jogo. Menos de um minuto após sofrerem o gol, Çalhanoglu recebeu a bola na intermediária ofensiva de costas para o gol, girou e soltou um lindo chute da entrada da área, no ângulo, indefensável para o goleiro Haikin.

Após empatarem o jogo, a equipe rossonera tomou conta da partida. Controlando os passes e com mais posse de bola, a virada tinha se tornado apenas uma questão de tempo. Çalhanoglu tentou duas vezes, mas a mira não estava calibrada como no primeiro gol.

Com Ibrahimovic fora, o Milan contava com o jovem de 18 anos Lorenzo Colombo para substituir o sueco, que tem 3 gols em dois jogos disputados. Sem sentir a pressão, Colombo cumpriu sua missão ainda no primeiro tempo: aos 32 minutos, Çalhanoglu ajeitou de letra para o atacante, que não desperdiçou e virou o jogo para os rossoneri.

Segunda etapa

Assim como o primeiro tempo, a segunda etapa também começou quente. Com alta pressão do time rossonero, o melhor jogador da partida ampliou aos seis minutos: Hakan Çalhanoglu fez mais um, ao aproveitar sobra do escanteio na entrada da área.

Com 3 a 1 no placar, o Milan relaxou em campo. Porém, o líder do campeonato norueguês não iria deixar uma partida eliminatória ser tão fácil assim. Aos 11 minutos, Peter Hauge recebeu na intermediária e emendou um lindo chute de fora da área, vencendo Donnaruma e descontando para o Bodø/Glimt.

Ainda com a vantagem, o Milan administrou o placar sem se abdicar do jogo. Com mais posse de bola e finalizações, o clube rossonero procurava liquidar a fatura antes do apito final. Aos 34, Saelemaekers quase fez o quarto, mas o zagueiro Moe salvou em cima da linha.

Com apenas cinco finalizações em todo o jogo, o Bodø/Glimt tentava a todo custo empatar nos dez minutos finais e levar o jogo para a prorrogação. Aos 35, Saltnes avançou pela direita e chutou com muito perigo, passando ao lado do gol rossonero. Já nos acréscimos, aos 47, Saltnes teve outra chance, desta vez muito clara para empatar o jogo, mas desperdiçou ao chutar por cima da meta.

O Milan conseguiu segurar a pressão final do Bodø/Glimt e avançou aos playoffs da Liga Europa. O próximo confronto dos rossoneros será dia 27 de setembro às 13h, contra o Crotone, fora de casa, pelo Campeonato Italiano.

VAVEL Logo