Com oportunismo e erros individuais, Espanha vence Suíça pela Nations League
Foto: Divulgação/Seleção Espanhola

Na tarde deste sábado (10), a Espanha venceu por 1 a 0 a Suíça, pela terceira rodada da Nations League, no estádio Alfredo Di Stéfano, em Madrid (ESP), com gol de Oyarzabal aos 14 minutos do primeiro tempo após a lambança do goleiro Sommer que na tentativa de saída de bola, deixou o zagueiro central vendido permitindo que o centroavante espanhol avançasse para recuperar a bola e enfiar nos fundos da rede.

Formação tática

A Fúria entrou em campo no 4-2-3-1, com três meias-atacantes avançados dando apoio ao camisa 21, Oyarzabal, com o intuito de utilizar o recurso da marcação pressão em cima da Suíça a fim de induzir o adversário ao erro. A La Nati entrou com proteção extra na formação 3-5-2, com três zagueiros presos na defesa dando mais liberdade para os laterais virarem alas, ao mesmo tempo, invertendo as mesmas posições para cortar por dentro auxiliando o meio-campo povoado com cinco jogadores e mais dois atacantes fixos na área.

Entretanto, o papel serviu apenas de espelho para a partida que desenhou times opostos, mas com a função do ataque em dia para dar perigo ao adversário, pois o time espanhol, com uma equipe evidentemente mais nova, inexperiente e individual deixou o jogo mais afobado e com muitos erros de passes. No entanto, o time suíço não soube também administrar a partida pelo fato de ter cometido os mesmos erros de passes e devoluções, além de possuir uma equipe inferior.

Oportunismo

A aglomeração de tentativas de jogadas concluídas com erros foi o ápice do primeiro tempo demonstrando que qualquer detalhe seria crucial para qualquer uma das equipes. De fato foi o que aconteceu quando a Suíça, durante a saída de bola sustentada, ou seja, com mais de três jogadores em volta da própria área para dar suporte ao goleiro, assistiu ao erro infantil de Sommer que tentou tocar a bola para o zagueiro central quando o mesmo escorregou e permitiu com que a bola fosse parar nos pés de Oyarzabal, que não tinha nada a ver com a situação e só cumpriu o seu papel finalizando para o gol com facilidade e abrindo o placar.

Foto: Divulgação/SeFutbol
Foto: Divulgação/Seleção Espanhola

Para não dizer que houve apenas erros, as duas seleções tiveram chances cruciais desperdiçadas, começando pela Suíça que durante o contra-ataque com o centroavante Seferovic, o mesmo chegou na linha de fundo cruzando rasteiro para o lateral-esquerdo Benito finalizar para o gol de De Gea, que fez uma excelente defesa espalmando para o escanteio.

A Fúria teve uma boa chance também durante um cruzamento do lateral-direito Jesús Navas que colocou com precisão na cabeça de Ferrán Torres que girou o corpo no timing, porém com azar quando o goleiro Sommer se adiantou e fez uma boa defesa. Com uma defesa bem postada, a Suíça deu muito trabalho para o ataque espanhol, embora tenha sido bastante ineficiente, não foi páreo para o ferrolho suíço que foi um ingrediente a mais para tirar a concentração do mandante.

A ligação direta foi bastante utilizada pelas duas seleções, apesar da Espanha ter tentado sair várias vezes com a bola nos pés, desde a saída de bola com o goleiro até o último terço do campo. O famoso tiki-taka foi uma tentativa dos espanhóis para atrair a marcação dos suíços a fim de encontrar espaços, porém, com muitos erros de passes, a ineficiência chamou mais atenção.

Foto: Divulgação/SeFutbol
Foto: Divulgação/Seleção Espanhola

Próxima partida

Pela quarta rodada da Liga das Nações, a Espanha enfrenta a Ucrânia, no dia 13 de outubro, às 15h45, no estádio de Kiev.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo