Patrick Thistle confirma que não receberá compensação da SPFL ao final da temporada

Time de Glasgow reclamou sobre distribuição desigual da tabela e pediu compensação financeira no prejuízo que teria

Patrick Thistle confirma que não receberá compensação da SPFL ao final da temporada
Foto: Mark Runnacles/Getty Images

Em uma nota anunciada nesta quarta-feira (29) no site oficial do Patrick Thistle, o clube não conseguiu chegar a um acordo com a Scottish Professional Football League (SPFL), associação que gerencia as quatro divisões nacionais. Os Jags pediam compensação para si e outros dois clubes depois de um descomprometimento em relação à tabela divulgada há alguns dias. 

Há alguns dias atrás, quando saiu a tabela da Scottish Premier League, o outro time de Glasgow reclamou via outra nota em seu site sobre o descomprometimento da SPFL com relação à distribuição da tabela. Segundo o clube, havia um acordo para que todos os clubes recebecem a dupla Celtic e Rangers de forma igualitária e depois da associação não ter feito o de costume, os Jags pediram uma compensação ao final da temporada, visto o prejuízo calculado em £ 120 mil (cerca de R$ 560 mil), o deixando 'esportivamente em desvantagem', de acordo com a nota.

Praticada já antes do Rangers ir à falência, esse acordo ocasionaria que os outros dez clubes receberiam em seus domínos um dos grandes duas vezes, enquanto que o outro seria apenas uma, tendo em vista os três turnos da primeira divisão escocesa. Isso não aconteceu e junto ao Patrick Thistle, Motherwell e Hamilton iriam jogar em suas casas apenas uma vez com cada, enquanto times como Hearts, Inverness CT e Dundee jogarão duas vezes com a dupla Old Firm em seus estádios.

Tentando resolver tal situação, a equipe se encontrou com representantes da associação nesta quarta-feira (29) e, ao término dela, divulgaram que não houve acordo. Na escrita falavam que a SPFL estaria aberto a qualquer oferta que os Jags, junto a Hamilton e Motherwell, apresentassem. O clube também citou que vai se encontrar com representantes dos outros dois pra chegar à uma conclusão. 

Veja a nota na íntegra:

"Depois de reunião com a SPFL hoje, foi nos confirmado que não existirá compensação paga aos clubes em desvantagem pela tabela de jogos da temporada 2016/17.

Estando claramente desapontados com essa situação, em uma ampla discussão, ficou claro para nós que essa situação tinha surgido a partir de uma falha nas comunicações que conduzem à consequências inesperadas para nós e outros dois clubes. Foi acordado que nós, enquanto clube, não antecipamos mudanças para o processo da construção da tabela quando comparada à prática histórica, a SPFL não considerou o impacto que essa mudança teria sem antes informar aos clubs.

Nós ainda queremos nos encontrar com outros clubes da Premiership para discutir a melhor maneira para igualdade para todos os clubes, evitando que qualquer desvantagem financeira e desportivamente aconteça nas temporadas seguintes. A SPFL concordou em considerar qualquer proposta que forem encaminhadas por nós como um grupo. 

O clube deseja reafirmar aos fãs que, mesmo depois disso, a Direção manterá o atual orçamento de jogo para a próxima temporada para apoiar as nossas ambições de sucesso em 2016/17. Nós continuamos comprometidos com a manutenção do status de dívida livre e, enquanto nosso foco será para assegurar um adicional para conquistar isso, cortes serão demandados em partes não essenciais."