Kaká não renovará com Orlando City e deixa futuro em aberto

Contrato do brasileiro termina em dezembro; Kaká atuou por três anos na Major League Soccer; brasileiro foi o primeiro Jogador Designado da equipe da Flórida

Kaká não renovará com Orlando City e deixa futuro em aberto
Foto: Icon Sportswire/Getty Images

Após três temporadas, Kaká deixará o Orlando City. Nesta quarta-feira (11), o meio-campista brasileiro anunciou em entrevista coletiva que não renovará seu contrato, que encerra em dezembro. O brasileiro deixou claro que esta é a sua única decisão tomada até o momento, mantendo seu futuro em aberto.

Ao lado do Presidente Flávio Augusto e do CEO Alex Leitão, Kaká agradeceu pelos momentos no clube e relembrou que os contatos para sua contratação se deu antes mesmo da confirmação da franquia na Major League Soccer. O melhor do mundo em 2007 também se mostrou satisfeito em fazer parte do projeto e da inauguração do novo estádio, para 25 mil torcedores.

Como sabem, o meu contrato com o City acaba neste ano e temos discutido a renovação nos últimos meses. Depois disso eu pensei muito e minha decisão final é não renovar com o Orlando. Estou aqui para anunciar que meu primeiro ciclo como jogador do Orlando vai terminar no final da temporada e quero agradecer todo mundo”, iniciou Kaká em seu pronunciamento.

O camisa 10 completou afirmando que gostaria de ter atingido os objetivos da equipe nestas três temporadas: “Claro que o meu sonho era chegar aos playoffs e quem sabe conquistar a MLS Cup, mas não há desilusão com isso. Não podemos controlar os resultados. Mas tudo o que eu poderia fazer como profissional, estar aqui e lutar por esse clube, acho que fiz.

Kaká também tratou de desmentir boatos que surgiram na imprensa norte-americana, que noticiou problemas físicos como principal motivo se sua saída: “A dor não será a base da minha decisão. Todo mundo sente dores, e nós temos que sacrificar nosso corpo por esse esporte. Minha decisão não é baseada em minha condição física e não será também para as minhas decisões no futuro.

Na MLS desde 2015, Kaká soma 74 jogos, 24 gols e 22 assistências. Especula-se que o meio-campista de 35 anos tem duas opções para a próxima temporada: voltar ao Brasil, provavelmente para o São Paulo, ou se aposentar dos gramados. Inclusive, durante a entrevista, o brasileiro disse que gostaria de voltar ao Orlando como um embaixador, gerente geral ou técnico.

Futebol Internacional