Com péssimos resultados recentes, técnico Hannes Wolf é demitido do Stuttgart

Foram seis derrotas nos últimos sete jogos, além da aproximação constante da zona de rebaixamento os motivos dados pela diretoria para saída da comissão técnica

Com péssimos resultados recentes, técnico Hannes Wolf é demitido do Stuttgart
Foto: TF-Images/Getty Images

Depois dos últimos jogos com resultados ruins e a aproximação em relação à zona de rebaixamento, a diretoria do Stuttgart anunciou a demissão de Hannes Wolf do comando técnico da equipe. A decisão foi tomada depois do jogo contra o Schalke 04, disputado no último sábado (27), cuja equipe foi derrotada por 2 a 0 dentro de casa. Junto com Wolf, sai do clube o auxiliar técnico Miguel Moreira.

O jovem treinador de 36 anos veio das categorias de base do Borussia Dortmund durante a temporada 2016-17, quando os suábios estavam desacreditados quanto ao retorno à elite. Após sua chegada, o time se reorganizou, cresceu o rendimento e conseguiu retornar à divisão principal como campeão. Ao todo, foram 52 jogos, com 25 vitórias, oito empates e 19 derrotas, com 81 gols marcados e 69 sofridos.

Segundo o diretor-esportivo do Stuttgart, Michael Reschke, as discussões para mudança no comando técnico neste momento da temporada foram intensificadas e se tornaram fundamentais para que houvesse uma mudança no ambiente e o time voltasse a obter resultados positivos, com a perspectiva de se manter na elite ampliada e evitar sustos nas rodadas finais.

“Tivemos conversas muito intensas com Hannes e analisamos a situação de forma muito ampla. Acreditamos firmemente que o perigo de que a situação atual não possa ser modificada no elenco é grande e que precisamos de um novo impulso para voltar a um caminho mais bem-sucedido. Nenhum de nós queria estar nessa situação e gostaríamos muito de continuar trabalhando com Hannes Wolf, porque ele é um treinador excepcional e um personagem maravilhoso. Hannes e Miguel têm servido o Stuttgart excepcionalmente bem com o acesso e o trabalho que fizeram durante a temporada atual. Desejamos a ambos o melhor para seus futuros pessoais e profissionais”, afirmou o dirigente.

Presidente do Stuttgart, Wolfgang Dietrich também manifestou descontentamento com a situação atual e com a demissão da comissão técnica, mas afirmou que não havia alternativas para que a situação fosse modificada de maneira mais breve que o esperado, uma vez que não acreditavam em uma mudança de panorama com os profissionais presentes na equipe em aproximadamente um ano e meio.

“Este é um desapontamento que ninguém queria e estamos devidamente muito desapontados. Hannes Wolf fez um trabalho excepcional para o Stuttgart nos últimos 17 meses. Recentemente, todos concordamos que as coisas não poderiam continuar como o fizeram. Nós, como responsáveis pelo clube, e ele como treinador, não tínhamos a crença de que a situação poderia ser corrigida. Em nome do Stuttgart e também do meu nome, gostaria de agradecer a Hannes pelo tempo que estivemos juntos e o destaque no acesso, que permanece inesquecível”, afirmou o mandatário.

Agora ex-técnico dos suábios, Hannes Wolf agradeceu aos gestores da equipe por abrirem as portas e darem condições de trabalho para que o time deixasse a segunda divisão e logo retornasse ao grupo principal do futebol germânico. Além de ampliar os agradecimentos aos funcionários, jogadores e à torcida.

“Miguel Moreira e eu estamos muito gratos por quase um ano e meio de tempos incrivelmente intensos e principalmente maravilhosos no Stuttgart. Recebemos o apoio incrível dos torcedores, dos funcionários do Stuttgart e da equipe. Experimentamos a rota para o acesso e o dia 21 de maio de 2017 permanecerá para sempre inesquecível. Também nos consideramos estar em uma boa jornada nessa temporada. Infelizmente, nas últimas semanas, nem os resultados nem as performances foram bons o suficiente. Por essa razão, aberta e respeitosamente com os responsáveis pelo clube, chegamos à conclusão de que devemos terminar nossa cooperação. Miguel e eu desejamos ao Stuttgart, aos funcionários e aos torcedores o melhor e estaremos com os dedos cruzados para o que está por vir”, declarou Hannes Wolf.

O Stuttgart ocupa a 14ª colocação, com 20 pontos ganhos em 20 rodadas. O Werder Bremen, equipe que disputaria a repescagem, tem 17 pontos e apresenta critérios de desempate melhores. Para tentar a reabilitação na Bundesliga, os suábios irão enfrentar o Wolfsburg, em confronto direto na parte inferior da tabela de classificação, na Volkswagen Arena, às 12h30 do sábado (3). A equipe é a pior visitante do Campeonato Alemão, com apenas um ponto somado longe de seus domínios.