Di Natale revela emoção após último jogo como profissional: “Chorei como um bebê”

“Eu vi 12 anos passando como um flash diante dos meus olhos”, admitiu o ídolo da Udinese, que marcou na derrota para o Carpi

Di Natale revela emoção após último jogo como profissional: “Chorei como um bebê”
Di Natale acena aos fãs após sua última partida como profissional (Foto: Dino Panato/Getty Images)

O lendário atacante italiano Antonio Di Natale realizou sua última partida como profissional neste domingo (15). Ele saiu do banco de reservas e, com apenas 90 segundos em campo, converteu uma penalidade na derrota da Udinese para o Carpi, por 2 a 1, pela última rodada da Serie A 2015/16. Após a partida, o agora ex-jogador revelou que não conteve a emoção quando chegou ao vestiário do estádio Friuli antes do jogo deste domingo.

Até ontem eu estava relaxado, mas quando me sentei no vestiário esta noite, eu chorei como um bebê. Eu vi 12 anos passando como um flash diante dos meus olhos”, disse Di Natale ao canal italiano Sky Sports, que também explicou o motivo de ter começado o duelo contra o Carpi no banco de reservas: “Eu me machuquei no treinamento, mas eu queria jogar os últimos 20 minutos e os médicos autorizaram”.

Di Natale cumprimenta os torcedores (Foto: Dino Panato/Getty Images)
Di Natale cumprimenta os torcedores (Foto: Dino Panato/Getty Images)

Acredito que ao final de 12 anos foi uma grande jornada juntos. Quero agradecer aos meus colegas de equipe e do clube, todo mundo que esteve comigo durante todo esse tempo. Marquei 227 gols aqui. Eu fiz muitas coisas por esse clube, marquei muitos gols... por isso, espero ficar na história da Udinese”, afirmou Di Natale.

O camisa 10 bianconero ainda exaltou o presidente da Udinese, Giampaolo Pozzo, e deixou claro que pretende descalçar com a família antes de resolver o que irá fazer depois de pendurar as chuteiras. “O presidente é uma grande homem. Ele coloca tudo à nossa disposição e esse belíssimo estádio é graças a ele. Agora eu quero ir para casa passar algum tempo com a minha família e depois verei o que fazer. Eu sei que qualquer dia eu posso chamar o presidente e podemos conversar”, declarou.

Torcida da Udinese homenageia Di Natale em seu último jogo (Foto: Dino Panato/Getty Images)
Torcida da Udinese homenageia Di Natale em seu último jogo (Foto: Dino Panato/Getty Images)