Com gol no finalzinho do jogo, Ernando garante mais uma vitória do Internacional
Internacional empilha vitórias no Campeonato Gaúcho (Foto: Divulgação/Internacional)

Na noite de quarta-feira (05), o Pelotas recebeu o Internacional na Boca do Lobo. Visando o Gre-Nal, o Inter resolveu poupar seus titulares e entrou em campo com time misto de reservas e garotos da base. Já o Pelotas jogou com o time principal, mas contou com dois desfalques, Igor e Felipe Garcia. O jogo foi válido pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho e marcou o reencontro das duas equipes. Quem se deu melhor foi o Colorado, que venceu no finalzinho, 1 a 0, gol de Ernando.

Com a vitória, o Inter continua com 100% de aproveitamento na competição e segue invicto. O clube é líder do campeonato com 18 pontos. O Pelotas caiu para sétima colocação do grupo B, com 5 pontos. Na próxima rodada os times terão clássicos pela frente. O Internacional enfrenta o Grêmio e o Pelotas enfrenta o Brasil de Pelotas.

Muitas faltas faltas e pouco futebol

O jogo começou truncado em Pelotas e com bastante trocas de passes das duas equipes. Nos primeiros momentos de jogo a bola não saiu do campo do Pelotas. Os dois times tentavam atacar pela direita, mas não obtinham sucesso.
 
Devido ao calor excessivo, o jogo foi lento nos primeiros minutos, depois os jogadores acostumaram-se ao clima. Até os 20 minutos, nenhuma equipe ofereceu riscos ao adversário e o jogo foi marcado pelas faltas excessivas. Somente aos 21 minutos, com um chute cruzado de Lucas, o Pelotas criou a primeira chance real de gol na partida.

Depois da chance, o Pelotas cresceu na partida e passou a pressionar o Colorado. Aos 25 minutos, o time teve pelo menos duas chances de gol em um único lance. Quem parecia não gostar da pressão, era o técnico Abel Braga. A beira do gramado, o treinador mascava chicletes e tinha uma cara de poucos amigos. 

O Internacional tentou esboçar uma reação depois dos bons lances do adversário, mas não teve nenhuma chance clara de gol. Ainda no finalzinho do primeiro tempo, aos 47 minutos, Jeferson Luis cobrou falta para o Pelotas e a bola passou rente ao travessão de Agenor. O clube do interior esteve mais perto de abrir o marcador na primeira etapa.

Falta de articulação do Internacional e boa marcação do Pelotas
 
Logo no primeiro minuto da segunda etapa, Wellington Paulista fez tudo o que o Inter não fez no primeiro tempo de partida: chance clara de gol. Chutou de dentro da área, mas Paulo Sérgio pegou. O Internacional até tentou ser ofensivo, mas o Pelotas marcou muito bem a equipe colorada. Com o apoio da torcida, o time do interior gaúcho se impôs no jogo e na área do Internacional, buscando abrir o marcador. Apesar do Inter ter tido mais finalizações na partida, foi o Pelotas quem mais levou perigo ao gol adversário.
 
Na tentativa de reagir no jogo, Cláudio Winck, aos 15 minutos, chutou forte de fora da área e quase marcou no ângulo, mas o goleiro Paulo Sérgio conseguiu efetuar a defesa. O Colorado apresentou problemas na articulação e não conseguiu fazer frente contra o Pelotas, que acabou sendo superior na partida. Mas apesar da superioridade do time do interior, o Internacional conseguiu vencer a partida. Aos 46 minutos, em uma cobrança de escanteio confusa, a defesa do pelotas afastou e a bola ficou pingando na área. Ernando não perdeu a oportunidade e manteve a invencibilidade do Inter na competição.

Resultados do Campeonato Gaúcho:

Cruzeiro-RS 1 x 1 Esportivo

Passo Fundo 1 x 1 Aimoré

São Luiz 0 x 1 São José

VAVEL Logo