Bruno completará 100 jogos pelo Fluminense contra o Boavista
(Foto: Divulgação/Fluminense FC)

O lateral-direito Bruno vive boa fase no Fluminense. Desde a sua chegada em 2012, o jogador sempre foi alvo de bastante crítica da torcida. Após um título carioca e um título brasileiro em 2012, Bruno viveu um 2013 irregular e sofreu até com lesões.

Neste ano, Bruno ficou de fora da primeira rodada do Campeonato Carioca. Wellington Silva, na ocasião, foi titular. Mas, o jogador recuperou a titularidade, apesar das críticas. Vivendo boa fase, o jogador vem tendo boas atuações e curte a boa fase do Fluminense, que vem de cinco vitórias seguidas, e se tornou líder do estadual após vencer o Flamengo por 3 a 0.

"Pelo o que a gente passou ano passado, espero manter esta sequência de vitórias. O mais importante é terminar o primeiro turno na liderança para ter vantagem na segunda fase. A gente vem trabalhando forte. Acredito que o time está se encaixando. Então, espero manter o nível. Tem que mostrar evolução", explicou.

No sábado, contra o Boavista, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã, Bruno chegará a marca de 100 jogos pelo Fluminense. O camisa 2 agradece o apoio da torcida e disse ignorar quem o critíca.

"Estou muito feliz. Trabalho em um clube maravilhoso. Vivi muitas coisas aqui. Só tenho a agradecer aos meus companheiros. Tenho muito a fazer ainda. Espero que 2014 seja um ano maravilhoso para todos nós. Não vejo isso (críticas) como pressão, não acompanho. Faço o meu trabalho, sério. Espero que a torcida possa ajudar. Não escuto quem quer atrapalhar", disse Bruno.

O ápice da perseguição da torcida em relação ao camisa 2 foi na vitória diante do Nova Iguaçu, em Volta Redonda, quando Wagner, na hora da comemoração do seu gol, foi reclamar com torcedores que xingavam Bruno.

"Quem xinga e fica perseguindo jogador não merece torcer pelo Fluminense", reclamou Wagner na época. 

VAVEL Logo