Figueirense recebe o Goiás no retorno do Orlando Scarpelli
(Foto: Divulgação/Goiás EC)

Neste domingo (25), o Figueirense finalmente mandará um jogo no Orlando Scarpelli, em Florianópolis, após seis rodadas. Necessitando de uma vitória para sair da zona de rebaixamento, o apoio do torcedor pela primeira vez no ano deverá ser fundamental para que a equipe tente uma vitória diante do Goiás, o adversário do dia. O Esmeraldino, comandado por Ricardo Drubscky, ocupa a sétima colocação, e em caso de vitória, ficará ainda mais perto do g-4.

Na última rodada, o Figueirense visitou o Palmeiras e foi derrotado pelo placar de 1 a 0. O resultado jogou o Furacão na décima nona posição. Até o momento, o jogo contra o Corinthians foi o único triunfo do alvinegro catarinense.

Enquanto os donos da casa enfrentam a crise, os visitantes vivem um bom momento no início de Campeonato Brasileiro. Foram três vitórias nos últimos cinco jogos, e pela sexta rodada, um empate em 2 a 2 contra o Santos no Serra Dourada.

Figueirense mantém o mesmo esquema tático e aposta no fator casa para vencer

O esquema tático com três volantes e um armador agradou ao treinador Guto Ferreira, e o Figueirense não deve promover nenhuma alteração no time titular que enfrentou Corinthians e Palmeiras. Nenhum problema de lesão, e nenhum reforço titular para o jogo.

Assim, o grande diferencial para o Figueira deve ser a presença do público pela primeira vez no Campeonato Brasileiro de 2014. Devido a confusão em jogo contra o Avaí pela Série B de 2013, o Figueira cumpriu pena de perda de mando de campo por cinco seis rodadas. A equipe vinha mandando seus jogos longe de Santa Catarina, em estados como São Paulo e Paraná, e enfrentou arquibancadas praticamente vazias nestas ocasiões.

O goleiro Tiago Volpi é um dos que está confiante para o retorno à Florianópolis, e pediu o apoio do torcedor. “A gente espera que o torcedor compareça ao Scarpelli, pois a gente precisa muito da ajuda deles, até porque pelo desempenho da equipe, a gente tentou impor um ritmo diante de um grande adversário e quase conseguimos um bom resultado, vamos tentar a reabilitação agora em casa”, comentou.

Sem Renan, Goiás tentará pressionar adversário em seus domínios

Para a partida deste domingo, o Goiás tem um desfalque confirmado de última hora: é o goleiro titular Renan, que foi diagnosticado com uma lesão muscular e é ausência certa contra o Figueira. O goleiro ainda pode perder os dois próximos compromissos da equipe, contra o Coritiba e Vitória. Pedro Henrique, Valmir Lucas, João Paulo, Rychely e Welinton Junior completam o departamento médico do Goiás.

Entretanto, mesmo com tantas ausências, a equipe do Goiás pretende atacar o Figueira. Pelo menos este é o pensamento do volante e capitão Amaral, que afirmou o desejo de pressionar os visitantes, aproveitando-se da má fase vivida pelos catarinenses.

“Com certeza vamos ver alguns vídeos para analisar melhor o Figueirense. Nosso técnico sempre providencia este material. Acho que é muito importante que consigamos segurar os 20 primeiros minutos. O Figueirense não está em uma boa situação, e a torcida poderá começar a jogar contra com o decorrer do jogo. É importante a gente segurar e, se possível, fazer um gol”.

VAVEL Logo