Ganso garante que São Paulo não enfrentou Bragantino pensando em vaga na Sul-Americana
Paulo Henrique Ganso nega “entrega” por Sul-Americana (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)

Na noite desta quarta-feira (13), O São Paulo foi eliminado pela equipe do Bragantino jogando no Morumbi, em duelo válido pela partida de volta da Copa do Brasil. O Tricolor havia vencido a primeira partida por 2 a 1, em Ribeirão Preto e tinha a vantagem do empate jogando em casa.

Com a inesperada derrota por 3 a 1, os são-paulinos deram adeus a competição nacional, mas ganharam uma vaga na Copa Sul-Americana, competição que dá, em tese, uma vaga mais fácil à Libertadores da América.

O meia Paulo Henrique Ganso, negou que a equipe recebeu uma orientação para entregar a partida. “Não, orientação nenhuma (para entregar). Queríamos vencer o jogo e não vencemos”, disse Ganso.

Questionado se a equipe passou um vexame por ser desclassificada em casa, por um adversário de menor expressão, Ganso comentou que a equipe do Bragantino tem qualidade e teve uma noite iluminada.

“Não é vexame. Perdemos para uma boa equipe numa noite em que não jogamos bem. Do outro lado também tem qualidade. Eles tiveram uma noite iluminada. Ninguém esperava. Por isso, acho que entramos um pouco desligados”, justificou o meia.

Agora, o Tricolor se junta ao Internacional em busca da conquista da Copa Sul-Americana. A competição ainda vai contar com equipes renomadas, como Boca Juniors e River Plate da Argentina, além de outras equipes de menor expressão da América.

VAVEL Logo