Ituano surpreende e abre boa vantagem sobre Goiás na Copa do Brasil
Foto: Divulgação/Ituano

Pela terceira fase da Copa do Brasil, o Ituano surpreendeu o Goiás na primeira partida e venceu por 2 a 0, com Ronaldo marcando duas vezes. O time do interior paulista jogava em casa e pressionou boa parte do jogo, buscando o gol e criando oportunidades. O Goiás, no entanto, não conseguiu encontrar um ritmo confortável para vencer o jogo e ainda contou com a expulsão de Felipe Macedo no segundo tempo.

Primeiro tempo pressão do Ituano, mas sem gols

Apesar de procurar ditar o ritmo da partida, o time de Itu não conseguiu finalizar com perigo. Entretanto, procurou espaços na defesa adversária de todas as formas. Cristian, principal jogador do meio de campo do Ituano, conseguiu trabalhar a bola e servir os atacantes, mas a dupla de zaga do time goiano não facilitava as jogadas.

Nos primeiros 45 minutos, o goleiro do Goiás, Renan havia evitado o chute mais perigoso do jogo até ali. Aos 34 minutos, Clayson arriscou de fora e o goleiro saltou para fazer a defesa, na sobra Cristian foi travado e conseguiu escanteio para os mandantes. Depois, o mesmo Clayson recebeu na frente da área e se atrapalhou na hora driblar e finalizar.

O Goiás não conseguia tocar a bola, Felipe Menezes e William Kozlowsky não criaram nada para os atacantes. Hélio dos Anjos tentou adiantar a marcação para tentar roubar a bola e também não obteve sucesso. Até o intervalo, os esmeraldinos conseguiram finalizar uma vez, com Erick, mas o chute foi fraco e ficou fácil para Fabio. A postura demonstrava que o empate seria um bom resultado.

O treinador goiano pode observar que o time não errou o posicionamento defensivo, pois a proposta de manter-se fechado e não dar espaços para os adversários vinha funcionando. O time não recorreu as faltas e se portava com segurança, mas não empolgava. O Ituano foi ganhando confiança sendo embalado pelos quase 4 mil torcedores no Novelli Júnior.

Segundo tempo, falhas na defesa e Ronaldo fazendo valer o nome de artilheiro

A cofiança dos mandantes ficou clara logo na primeira jogada, com dois minutos, Claudinho recebeu passe dentro da área e tentou chutar colocado, mas mandou para fora. Aos sete, o lateral esquerdo Dick tabelou com Ronaldo e recebeu na frente do goleiro adversário, dessa vez um chute forte acertou a trave. Ai, aos 13 minutos, Jonatan carrega a bola pelo meio e chuta de fora, a finalização passa por sobre o gol, perto do travessão.

Empolgados, a torcida empurrava o Ituano para cima do Goiás que não conseguia sair jogando. Jogadores mau posicionados, erros de passe fizeram o time apelar para faltas e o nível da partida decaiu. Até que, aos 18 minutos, Bruno Henrique antecipa a zaga para tentar salvar um rebote do goleiro Fabio do Ituano, mas o arqueiro se recupera a tempo. 

A pressão do Ituano continuou, mas as finalizações minguaram, a defesa goiana parecia ter recuperado a boa forma do primeiro tempo. Porém, aos 28 minutos, Leonardo consegue a bola dentro da área e gira para se livrar da marcação, depois finaliza e para na boa defesa de Renan. Mais uma vez o experiente goleiro do Esmeraldino impede o gol adversário.

Os minutos que se seguiram foram decisivos para ambos os times, porque aos 30 minutos, Felipe Macedo recebe amarelo por fazer uma falta. Os jogadores se posicionam na área para receber o cruzamento e novamente Macedo comete uma infração, colocou a mão na bola e levou o segundo amarelo e foi expulso. Na cobrança de pênalti, Ronaldo teve a frieza necessária para deslocar o goleiro e abrir o placar. 1 a 0 em Itu.

Aos 43 minutos, Cristian constroi a jogada do segundo gol do Ituano. Com uma troca de passes, que pegou a defesa do Goiás desprevenida, a bola foi cruzada rasteira para Ronaldo aparecer por trás da zaga e chutar no alto para aumentar a vantagem para dois gols. A torcida vibrou, porque o Ituano vai decidir a vaga em Goiania com vantagem.

A partida de volta acontece na próxima quarta feira, dia 27, as 19h30 no estádio Serra Dourada, em Goiania. O Esmeraldino precisa fazer três gols para se classificar direto, já os paulistas podem perder até por um gol de diferença que seguem para as oitavas da Copa do Brasil. Placar repetido manda o jogo para as penalidades máximas.

VAVEL Logo