Copa América 1997: Invicto, Brasil conquista o título pela quinta vez
Seleção campeã era a base da equipe que foi à final do mundial no ano seguinte

Copa América 1997: Invicto, Brasil conquista o título pela quinta vez

Foi a primeira vez que seleção verde-amarela ganhou o campeonato fora de casa

marinamello
Marina Mello

A 38º edição da Copa América foi disputada no ano de 1997, na Bolívia. O torneio foi realizado entre os dias 11 e 29 de junho daquele ano. A novidade ficou por conta da seleção da Costa Rica, substituta dos Estados Unidos.

Depois de oito anos sem vencer, a última vez havia sido no ano de 1989, O Brasil sagrou-se campeão pela quinta vez, vencendo a Bolívia por 3 a 1. Essa vitória teve um gostinho especial, foi a primeira vez que o país foi campeão fora de casa.

A seleção Brasileira de 1997 terminou o campeonato invicto, vencendo os seis jogos que disputou.

Seleção Brasileira teve o melhor ataque na fase inicial

Na primeira fase, doze seleções foram divididas em três grupos. O Brasil ficou no Grupo C, junto com México, Colômbia e Costa Rica. No primeiro jogo, o Brasil goleou por 5 a 0 a fraca Costa Rica, com gols de Ronaldo (2), Romário, Djalminha e Gonzales (contra).

Depois de atropelar os costa-riquenhos, a seleção Brasileira encarou o México. Em um jogo difícil, Brasil começou perdendo por 2 a 0 e Flávio Conceição foi expulso. Numa virada épica, a seleção brasileira acabou vencendo por 3 a 2, com gols de Aldair e Leonardo, Camilo Romero Mora marcou contra.

Por último, sem grandes dificuldades, o Brasil venceu por 2 a 0 a Colômbia com gols do Dunga (atual técnico da seleção brasileira e volante na equipe de 97) e do atacante Edmundo, que entrou no lugar do Ronaldo.

A seleção verde-amarela ficou em primeiro lugar na classificação do grupo e teve o melhor ataque na fase inicial da competição com 10 gols feitos. A Bolívia teve a melhor defesa da primeira fase, sofrendo apenas 3 gols.

Brasil passou pelo Paraguai e Peru sem grandes dificuldades

A seleção Brasileira venceu a partida contra o Paraguai pelo placar de 2 a 0, no estádio Ramón Tahuichi Aguilera, valendo pela quartas de final da Copa América. Com dois gols de Ronaldo, o Brasil aumentou sua sequência invicta de sete jogos nesse confronto.

Na semifinal, o Brasil aplicou uma goleada de 7 a 0 sobre o Peru, também no Ramón Tahuichi Aguilera. O placar foi construído por Flávio Conceição, Romário (2), Djalminha, Leonardo (2) e Denilson. O Brasil chegou à 5ª partida sem perder em confrontos contra o rival na Copa América.

Cinco vezes campeão

O Brasil chegou a final contra a anfitriã Bolívia, que apesar de não ter tradição, era uma das favoritas, pois jogava em casa, o que lhe favorecia em vários aspectos, inclusive os relativos aos efeitos da altitude sobre os adversários. A seleção Boliviana fez uma boa campanha vencendo Colômbia e México e chegando à final contra a seleção Brasileira.

A seleção Brasileira, sempre uma das favoritas, chegou à final depois de uma bela goleada em cima do Peru. O jogo prometia muitas emoções. Edmundo, conhecido pelo seu temperamento estourado, deu um soco no jogador boliviano Cristaldo. Mas isso não apagou o brilho da seleção Brasileira que ganhou por 3 a 1, com gols de Zé Roberto, Denilson e Ronaldo, conquistando  pela quinta vez o título da Copa América. Após o apito final, ainda em campo, o técnico Zagallo disse a célebre frase: "Vocês vão ter que me engolir".

 Constelação de craques

Vindo de grande temporada no Barcelona, Ronaldo chegou na Copa América de 1997 com status de estrela mundial. Com cinco gols marcados, o jogador foi o artilheiro do campeonato. Porém, não era só o jogador que brilhava. Em 97, a seleção brasileira contava com um time de estrelas como Romário, Cafu, Roberto Carlos, Dunga e Taffarel.

VAVEL Logo

Seleção Brasileira Notícias

há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses