Marcelo Grohe exalta parceria com Alisson na Seleção Brasileira: "Fomos criados juntos"
Rivalidade dos clubes fica de lado na Seleção para Marcelo e Alisson (Foto: Divulgação/CBF)

Marcelo Grohe Alisson Becker estão formando uma dupla de goleiros diferente na Seleção Brasileira. Marcelo, aos 28 anos defende as cores do Grêmio desde 2000, já Alisson, aos 22 anos defende as cores do rival, Internacional desde 2008.

Ambos os atletas esqueceram a rivalidade e comemoram a parceria na Seleção. Em meio aos preparativos para os amistosos diante da Costa Rica e dos Estados Unidos os goleiros Gaúchos disputam uma vaga na equipe titular com Jefferson que defende as cores do Botafogo e já atuou 21 vezes com a amarelinha.

Marcelo Grohe, por sua vez já acumula 11 convocações pela seleção, integrou o elenco da Copa América de 2015, mas aguarda a oportunidade de estrear com a amarelinha. Alisson está pela primeira vez na Seleção, o atleta chamou a atenção de Dunga após a boa campanha do atleta na Copa Libertadores da América com o Internacional.

Para Marcelo Grohe a parceria com o Colorado é boa, já que ambos são amigos de infância: "Muito legal. Isso que está acontecendo comigo e com o Alisson não sei se aconteceu na história do Grêmio e Inter, mas é muito legal para nós, que fomos criados juntos desde pequeno. A gente morou em cidade uma do lado da outra, e cada um vai buscar seu espaço, respeitando um ao outro. Isso mostra a fase do Rio Grande do Sul​", disse Marcelo.

Marcelo também citou a responsabilidade que é defender a Seleção e disse que está pronto para atuar: "Acho que a grandeza da Seleção diz por si só. Responsabilidade de jogar aqui e vestir essa camisa é muito grande, não que no clube não seja, mas aqui a gente está falando de um país, nação, representando milhões de pessoas, e tem uma responsabilidade muito grande. Acho que o mais importante é estar pronto pra quando for solicitado poder estar a altura e eu estou pronto", finalizou.

Alisson também comentou sobre a parceria com o Gremista e esqueceu a rivalidade: "O Marcelo eu conheço há mais tempo. Ele é de uma cidade vizinha à minha, eu sou de Novo Hamburgo e ele é de Campo Bom. A gente já dividiu a mesma van, o mesmo transporte, que levava a garotada da Região do Vale do Sinos até Porto Alegre para jogar no Inter e no Grêmio. Então, eu já conhecia ele desde cedo. Trilhamos o mesmo caminho, ele na base do Grêmio e eu na base do Inter. Mas é uma satisfação muito grande estar trabalhando com ele aqui ", disse o jovem de 22 anos.

O Brasil irá enfrentar a Costa Rica no sábado (5), ás 17h (De Brasília), no Estádio Red Bull Arena em Nova Jérsei, Estados Unidos. Logo após, na terça-feira (8) a Seleção Canarinho irá enfrentar os Estados Unidos, ás 21h40 no Gillette Stadium, em Massachusetts.

VAVEL Logo