Avaí consegue efeito suspensivo após doping e Renan pode voltar para jogo contra Vasco
Atleta participou de 14 partidas e marcou um gol no Brasileirão (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

Avaí consegue efeito suspensivo após doping e Renan pode voltar para jogo contra Vasco

Volante ficou fora por 45 dias, não viajou à Porto Alegre para enfrentar o Grêmio e técnico Gilson Kleina espera que o jogador esteja à disposição para a próxima rodada

karlagquint
Karla Gabriela Quint

Com o efeito suspensivo concedido no fim da semana após o teste de antidoping, depois de 45 dias, o jogador Renan fica à disposição do técnico Gilson Kleina. Avaí ainda não irá contar com a participação do volante na partida contra o Grêmio, neste sábado (26), em Porto Alegre, às 21h, mas o treinador espera que ele retorne na próxima rodada contra o Vasco, no domingo (4), na Ressacada.

"Renan é um jogador que estava muito regular na equipe. E o mais importante é que ele tem a confiança de todos. Contra o Vasco vai ser um grande reforço, um garoto de potencial e pode ajudar", afirmou o treinador.

Antes da suspensão, Renan tinha atuado em 14 de 15 jogos do Avaí no Campeonato Brasileiro e marcado um gol. Kleina falou sobre o crescimento dos outros jogadores durante a ausência do volante, mas destacou a importância do jogador para a equipe. "Todos os jogadores estão crescendo e temos que respeitar. A saída do Renan foi inesperada e por mais que ele esteja alguns dias sem trabalhar com o grupo, a qualidade dele vai entrosar, sem dúvidas", comentou.

No jogo entre Avaí e Fluminense, no dia 8 de agosto, na Ressacada, Renan  - que vinha sendo um dos destaques do time -  iria enfrentar o Tricolor, mas a comissão técnica foi surpreendida de última hora. O Leão foi notificado que o jogador  havia sido pego no exame antidoping, por uso de substâncias termogênicas, que aceleram o metabolismo,  após uma partida na 5ª rodada da Série A, contra o Atlético-MG.  O caso só teve repercussão na 16ª rodada, e o atleta teve que cumprir suspensão preventiva por 30 dias.

O volante teve pena aplicada de 90 dias pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), mas o Avaí buscava recursos para que o efeito suspensivo fosse autorizado. Com a liberação, Renan já fica a disposição até um novo parecer do Tribunal.

VAVEL Logo

Avaí Futebol Clube Notícias

há 5 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 12 dias
há 12 dias
há 20 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês