Brasil vence Itália e garante vantagem na final do Torneio Internacional de Manaus
(Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Pelo último jogo da fase de grupos do Torneio Internacional de Manaus, o Brasil entrou em campo contra a Itália, nesta quarta-feira (14), na Arena da Amazônia. Em um confronto pegado do início ao fim, a equipe canarinho venceu as italiana pelo placar de 3 a 1 e garantiu a vantagem do empate no próximo domingo (18), quando as seleções voltam a se enfrentar pela final da competição. Os gols brasileiros foram marcados por Andressinha, no primeiro tempo, contra e Debinha, no segundo. Parisi fez o do time adversário. 

A próxima partida entre Brasil e Itália, que acontece domingo, está marcada para às 18h30 (de Brasília), novamente na Arena. Em caso de empate ou vitória, a Seleção se sagra heptacampeã do Torneio de Manaus. 

O jogo

A partida começou pegada no meio de campo. Com algumas mudanças na equipe, o Brasil procurava encontrar uma forma de jogar. Do outro lado, a Itália buscava surpreender as brasileiras. 

Com chances para ambos os lados, a Seleção Brasileira se deu melhor e abriu o placar com 30 minutos de partida. Após cruzamento da Bia, Andressinha, de cabeça, abriu o placar: 1 a 0. Sem se abater, a Itália foi para o ataque e, inclusive, chegou a colocar uma bola no travessão. 

O Brasil procurava trabalhar a bola e até colocava jogadas ensaiadas em prática, mas sem eficácia. Quando o primeiro tempo caminhava para o fim, a equipe italiana teve um pênalti a seu favor. A camisa 10 Parisi foi para a cobrança e converteu, empatando o confronto. 

O início da etapa complementar foi melhor para o time brasileiro. Com mais posse de bola do que as adversárias, a equipe canarinho parecia ter se encontro no duelo. Com 31 minutos, Fabiana fez boa jogada pela lateral direita, cruzou na área e, antes da bola chegar na Gabi Nunes, a zagueira italiana jogou contra o próprio patrimônio: 2 a 1. 

Com o placar favorável e o bom futebol, o Brasil precisava apenas administrar mais uma vitória. A Itália, por sua vez, procurava assustar o gol da Bárbara. Porém, foi a Seleção que chegou ao gol antes do apito final. Após bobeada da zaga, Debinha, que entrou no decorrer do segundo tempo, colocou a bola no fundo da rede: 3 a 1.

VAVEL Logo