Empresa decide romper contrato com Boa Esporte após repercussão negativa da contratação de Bruno
Nutrends tinha marca exposta na omoplata da camisa do Boa Esporte (Foto: Divulgação)

Desde que anunciou a contratação do goleiro Bruno, na sexta-feira (10), o Boa Esporte tem sido alvo das críticas dos torcedores, sobretudo, nas redes sociais. Mas a repercussão negativa foi além e fez com o que um dos patrocinadores da equipe rompesse a parceria, na noite deste sábado (11).

O anúncio do fim da parceria da Nutrends Nutrition, empresa de suplementos nutricionais, com o Boa Esporte, veio através das redes sociais da empresa. Em nota, a marca informou que: "Após reunião extraordinária, a Diretoria da Nutrends® Nutrition decidiu que, a partir de hoje [sábado], a empresa não é mais patrocinadora/apoiadora do Boa Esporte Clube".

A decisão da empresa foi bastante elogiada pelo público nas redes sociais. A cada comentário deixado por um membro na postagem em questão, a Nutrends respondia que: "Só para esclarecer, não nos pronunciamos antes porque recebemos a notícia no fim da tarde de sexta-feira. A direção não estava reunida e não tínhamos como publicar algo".

Bruno Fernandes, acusado de assassinato, ocultação de cadáver e cárcere privado, foi liberado da prisão no dia 24 de fevereiro, após liminar expedida pelo Ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federa (STF), que justificou a soltura do goleiro por causa da demora na análise do habeas corpus do atleta, que já dura três anos.

Desde que foi liberado, Bruno recebeu propostas do Paduense, FriburguenseBangu, América-RJ, Miami United, Betinense, CearáBrasiliense. No entanto, o goleiro decidiu fechar com o Boa Esporte, que atualmente disputa o Módulo II do Campeonato Mineiro, por dois anos. O contrato será assinado nesta segunda-feira (12).

Bruno começou a carreira no Atlético-MG em 2004, permanecendo até 2006. Logo em seguida, teve passagem rápida pelo Corinthians, e depois foi contratado pelo Flamengo no mesmo ano até 2010, quando foi acusado da morte da atriz Eliza Samúdio, e do sequestro e cárcere privado de seu filho, Bruninho.

VAVEL Logo